Já foi o tempo em que a zona rural acreana era considerada tranquila. Que o diga o pecuarista Rubens Neto, dono da Fazenda São Lucas, localizada na BR-317, sentido Rio Branco/Boca do Acre, no Amazonas.

Na madrugada deste domingo, 5, sua propriedade foi invadida por ladrões que arrombaram os cadeados da fazenda e furtaram quase 50 bovinos, entre vacas e bezerros. A audácia dos bandidos é tão grande que, foram levados cavalos nos caminhões para conseguir juntar o gado. “Os dias em que durmo na fazenda, a gente dorme com medo. Não tem mais segurança nenhuma. Eles são tão atrevidos que trouxeram cavalos para conseguir tanger o gado”, afirma o produtor rural.

Ao todo, foram levados pelos assaltantes 20 vacas e 29 bezerros. O prejuízo é estimado em R$ 88,6 mil.

O pecuarista conta que foi informado no Posto Pica Pau, da Fazenda Estadual, que passaram dois caminhões na madrugada em alta velocidade. Pela propriedade ficar na divisa com o Amazonas, mas tendo a suspeita de que o gado roubado veio para o Acre, Rubens resolveu registrar um Boletim de Ocorrências nos dois estados.

Rubens divulgou as marcas sua e de seu irmão e espera ter alguma notícia dos animais furtados. O pecuarista oferece até recompensa para que apresentar uma pista que leve aos bovinos. “Vou procurar. Os fiscais me disseram que os caminhões passaram no sentido do Acre. Estou mostrando a minha marca e do meu irmão, já que tinha gado dele também, e estamos até oferecendo uma recompensa para quem ajudar com informações que possam fazer com a gente recupere o gado”, diz.

Quem tiver alguma informação, pode entrar em contato pelo número (68) 99979 – 5777.

Comentários