fbpx
Conecte-se conosco

Brasil

Governadores de nove estados destacam atrativos no Lide Brazil Investment Forum

Publicado

em

Governadores de nove estados destacam atrativos no Lide Brazil Investment Forum
Redação GPS

Governadores de nove estados destacam atrativos no Lide Brazil Investment Forum

Governadores de nove estados participaram do painel “As opções no Brasil para novos investimentos internacionais” , durante o Lide Brazil Investment Forum . O foco das exposições foram as propostas e os potenciais regionais, com a oportunidade para que cada liderança estadual expusesse os fatores de crescimento de sua região aos 300 empresários presentes no Harvard Club, em Nova York.

Wilson Lima, governador do Amazonas, falou aos convidados do Lide especialmente da exploração do gás natural no estado. “Investimos mais de R$ 2 bilhões e teremos muito mais em retorno. O Amazonas também é fundamental para garantir a segurança alimentar, mas, para isso, precisamos de fertilizantes a preços competitivos para a recuperação de determinadas áreas” , avaliou.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, destacou a agricultura como prioridade , com destaque para as produções de café, gengibre, celulose e pimenta-do-reino no estado. “Somos um estado pequeno, mas forte e grande no agronegócio” , acrescentou. Relembrando as enchentes do Rio Grande do Sul, Casagrande enfatizou, também, a preocupação com possíveis catástrofes climáticas.

“Estamos atentos e preocupados com projetos para atender e restabelecer a normalidade em casos de situações como essa em nosso estado” , ressaltou.

Ronaldo Caiado, governador de Goiás, destacou o atual caixa de R$ 12 bilhões e o fato de o estado ser um dos que mais investem em educação, além do avanço na segurança pública e as características locais que permitem grande potencial energético. Por sua vez, o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes frisou que seu estado está no centro da América Latina e tem um dos principais potenciais agrícolas do País.

“Alcançamos o topo dos estados com a melhor gestão fiscal e investimos 19% de toda nossa receita. Somos, hoje, os maiores produtores de várias das commodities agrícolas. Ao falar de segurança alimentar, o Mato Grosso é líder da produção de alimentos e também vai se transformar no maior produtor de biocombustíveis. Na esteira desse crescimento são criadas grandes oportunidades” , avaliou.

Eduardo Riedel, governador do Mato Grosso do Sul, projetou o crescimento do PIB do estado em 5,82% para este ano. “Temos a responsabilidade fiscal como premissa. Além disso, temos R$ 27 bilhões dedicados a investimentos em novos projetos estruturantes” , ressaltou. Romeu Zema, governador de Minas Gerais, falou dos desafios de aumentar a receita sem o aumento de impostos.

“Em 2018, saímos de um déficit crônico e, agora, vamos romper a barreira da geração de mais de 1 milhão de empregos com carteira assinada” , afirmou Zema

Helder Barbalho, governador do Pará, relembrou que Belém, capital do estado, será sede do maior evento de mudanças climáticas do mundo, em 2025, a COP30. “Estamos aproveitando para construir a estruturação de um novo tempo para o estado, com combate ao desmatamento. Na comparação entre abril de 2024 e abril de 2023, tivemos uma redução de 67% no desmatamento. Estamos construindo um ambiente de oportunidades, e uma delas é o mercado de carbono do estado” , avaliou.

O governador do Paraná, Ratinho Jr., destacou que o estado foi o que mais cresceu no país no último ano, cerca de 7,8%. Ele também falou de sustentabilidade e educação na sua exposição. “Somos o primeiro estado em educação. Estamos construindo um berçário de mão de obra para mais investimentos” , disse. Ratinho Jr. também destacou as privatizações e concessões feitas no estado nos últimos anos.

O último a fazer sua exposição no painel foi Claudio Castro, governador do Rio de Janeiro. “Estamos reconstruindo o estado, que tem números impressionantes: somos a capital energética do Brasil, responsável pela produção de 83% do petróleo brasileiro. Se o Rio de Janeiro fosse um país, seria o 10º maior produtor de petróleo do mundo. No entanto, precisamos de estabilidade institucional e leis claras” , concluiu.

The post Governadores de nove estados destacam atrativos no Lide Brazil Investment Forum first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Morre, aos 49 anos, Eliseu Neto, ativista do movimento LGBTQIA+

Publicado

em

Por

Morre, aos 49 anos, Eliseu Neto, ativista do movimento LGBTQIA
Caio Barbieri

Morre, aos 49 anos, Eliseu Neto, ativista do movimento LGBTQIA

Ativista pelos direitos da comunidade LGBTQIA+, Eliseu Neto morreu, nesta terça-feira (21), aos 49 anos. Conhecido por liderar a Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) no Supremo Tribunal Federal ( STF ), a qual resultou na equiparação da homofobia ao crime de racismo no Brasil, Eliseu também era reconhecido por sua atuação na luta pela derrubada da proibição de homossexuais na doação de sangue.

Diagnosticado com uma doença autoimune, o militante chegou a pedir ajuda financeira em suas redes sociais para custear o tratamento, porém, não resistiu. A informação foi confirmada pelo partido Cidadania, ao qual ele era filiado. A informação foi do portal Metrópoles . Não houve divulgação sobre a causa da morte.

Em nota nas redes sociais, o partido lamentou a perda precoce de Eliseu Neto e ressaltou a atuação dele como psicanalista, psicólogo, ativista e defensor dos direitos das pessoas LGBTQIA+.

“O Cidadania lamenta comunicar com profundo pesar a perda de forma precoce e irreparável do companheiro @eliseuneto, psicanalista, psicólogo, ativista e psicopedagogo, especialista em Orientação Profissional e defensor dos direitos das pessoas LGBTQIA+ e presidente do @diversidade23”, registrou a sigla.

A deputada federal Erika Hilton (Psol-SP) também prestou homenagens ao ativista, quando destacou a importância dele na luta pela igualdade de direitos e a não discriminação.

Nas redes sociais, diversas personalidades e internautas se manifestaram lamentando a morte de Eliseu Neto, onde destacaram a contribuição dele para a causa da diversidade e dos direitos humanos.

A vereadora e viúva de Marielle Franco, Monica Benicio (PSol-RJ), ressaltou a importância do ativista na formulação de leis de combate à homofobia no estado do Rio de Janeiro.

A coluna e o GPS se solidarizam com familiares, amigos e todos os ativistas que ecoaram as bandeiras erguidas por Eliseu Neto.

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Morre Eliseu Neto, ativista liderou ação que criminalizou homofobia

Publicado

em

Por

O psicanalista, psicólogo e ativista pelos direitos da comunidade LGBTQIA+ Eliseu Neto, 45 anos, morreu nesta terça-feira (21).  A informação foi divulgada pelo Cidadania, partido ao qual Eliseu era filiado.

Em nota, a Comissão Executiva Nacional da sigla lamentou a “perda de forma precoce e irreparável” do ativista.

A nota lembra que ele liderou a Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) no Supremo Tribunal Federal (STF), que resultou na criminalização da homofobia no Brasil, equiparando-a ao crime de racismo. Eliseu atuou ainda pelo fim da proibição de doação de sangue por homossexuais.

O documento afirma ainda que “sua dedicação e comprometimento com a justiça e a igualdade foram exemplares”. “Sentiremos profundamente sua faltas, mas seu legado continuará a inspirar nossa luta por uma sociedade mais justa e inclusiva”, diz o partido.

Não foram divulgados local e horário do velório e enterro.

Fonte: EBC GERAL

Comentários

Continue lendo

Brasil

Após pedido de Leite, Moraes descarta adiamento das eleições no RS

Publicado

em

Por

Após pedido de Leite, Moraes descarta adiamento das eleições no RS
Redação GPS

Após pedido de Leite, Moraes descarta adiamento das eleições no RS

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), ministro Alexandre de Moraes, afirmou, nesta terça-feira (21), que não há previsão para o adiamento das eleições municipais de outubro no Rio Grande do Sul, mesmo após as enchentes que destruíram a região.

Em declaração durante a abertura da sessão do tribunal, Moraes destacou que todas as providências estão sendo tomadas tanto pelo governo estadual quanto pelo governo federal para garantir a realização das eleições na data prevista.

“Não há nenhuma previsão, nenhuma discussão de qualquer adiamento das eleições no Rio Grande do Sul. Nós estamos em maio e todas as providências estão sendo tomadas no âmbito do governo do estado e o governo federal”, ressaltou.

Além disso, Moraes informou que as urnas eletrônicas que sofreram danos devido às enchentes poderão ser substituídas.

“Não houve nenhum dano estrutural no TRE ou nos juízos eleitorais que impeça a realização normal das eleições em outubro”, acrescentou.

Apesar de o adiamento do pleito não estar em pauta no TSE, o debate sobre a possibilidade surgiu após o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite , levantar a questão em uma entrevista ao jornal O Globo. No entanto, Moraes reiterou que o calendário eleitoral está mantido e as eleições serão realizadas conforme o previsto.

As eleições municipais de outubro têm o primeiro turno marcado para o dia 6 e o segundo turno para o dia 27. Os brasileiros irão às urnas para eleger prefeitos e vereadores em todo o país.

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo