Jovem João Victor de Albuquerque Lima, de 15 anos, foi o selecionado neste ano de 2019 – Foto: Álbum familiar

Duas das vagas ofertadas pelo SESC/RJ e disputada entre 400 alunos, Brasiléia consegue mais uma vez

A escola estadual Instituto Odilon Pratagi, localizada na cidade de Brasiléia, interior do Acre, se destacou mais uma vez pelo ensino de qualidade ofertado aos alunos da rede pública. Além de conseguir um elevado destaque no IDEB, alcançando a média de 6.1 a nível estadual, também está sendo vista à nível nacional.

Dessa forma, os alunos vêm conseguindo destaque e vagas na escola modelo do SESC-Rio de Janeiro nos últimos anos. No ano de 2017, surpreendendo a todos, três alunos foram destaques, sendo que apenas quatro vagas são oferecidas para o Estado do Acre.

Nos anos seguintes, outros alunos foram destaques e conseguiram manter a classificação à nível estadual até este mês de 2019, quando mais um conseguiu uma das vagas disputadas para ir estudar na capital fluminense.

Escola IOP em Brasília vem sendo destaque a anos enviando alunos para o SESC do Rio de Janeiro/RJ.

Segundo foi informado, foram cerca de 400 alunos concorreram pelas duas vagas (um menino e uma menina) ofertadas para o Estado neste ano. O jovem João Victor de Albuquerque Lima, de 15 anos, foi o selecionado neste ano de 2019.

Segundo seus pais, o professor Jedean Lima e Elisangela Albuquerque, a mãe que é dentista, comentam que o sonho do filho é ser médico e a escola de ensino médio do SESC, pode proporcionar as condições para alcançar seus objetivos.

A instituição criada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) é considerada modelo de ensino no país. Voltado para a excelência acadêmica é um projeto educacional que atende alunos nas três séries do ensino médio de todas as regiões brasileiras.

Matérias relacionadas:

Alunos de Brasiléia conseguem vagas ofertadas no Acre por escola modelo do SESC carioca

Aluno de Brasiléia garante vaga em escola modelo do SESC no Rio de Janeiro

 

Comentários