Luis Fernando Peña de 14 anos, foi selecionado para ingressar nos estudos da escola modelo de ensino médio SESC
Luis Fernando Peña de 14 anos, foi selecionado para ingressar nos estudos da escola modelo de ensino médio SESC

Brasiléia vem se destacando a cada ano com alunos que se destacam com excelência acadêmica

Jacks Aroldo

O aluno da Escola Estadual Instituto Odilon Pratagi, do município de Brasiléia, Luis Fernando Peña de 14 anos, foi selecionado para ingressar nos estudos da escola modelo de ensino médio SESC na cidade do Rio de Janeiro.

A instituição foi criada em 2008 pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), e trata-se de um projeto educacional voltado para a excelência acadêmica. Localizada na Barra da Tijuca, é uma escola-residência inteiramente gratuita, que atende 500 alunos nas três séries do Ensino Médio vindos de todo o país.

Para ingressar na instituição o estudante precisa participar de um processo de seleção composto por prova objetiva e dinâmica de grupo. As pré-inscrições são abertas no meio do ano. A prova é aplicada no mesmo dia e horário, em todas as unidades federativas. Os aprovados passam então pela entrevista, etapa considerada fundamental, pois é por meio dela que se verifica se toda a família está realmente preparada para participar do projeto da Escola.

sescrjSegundo Luis Fernando, a aprovação no exame admissional para a escola SESC-RJ não foi por acaso, uma vez que vinha se preparando há um ano para concorrer à vaga.

“Tenho um sonho de cursar medicina e me transformar em um grande médico, para isso preciso ter uma ótima base de estudo e sei que a escola SESC-RJ oferece essa qualidade, por isso, não medi esforços quanto a meus estudos para garantir a primeira etapa dos meus sonhos”. Frizou Luis Fernando Peña.

Filho do veterinário Luis Armando Peña, Luis Fernando já conta os dias para o primeiro dia aula na instituição que se inicia entre o final de fevereiro e início de março de 2016.

Para o pai de Fernando Peña, essa conquista do filho é motivo de muito orgulho, disse que vai ter que conviver com a saudade nesse período de estudo mas que será de fundamental importância para a formação do único filho.

A escola I.O.P já enviou para o SESC-RJ outros alunos, como é o caso das alunas Valéria Garcia em 2008 e que já concluiu e Sterfany Medeiros, Filha do Professor Antonio Sandro, que cursará o último período em 2016.

 

 

 

 

 

 

Comentários