Número de queixas subiu 377,27% em comparação com 2012. Maior parte das reclamações se referem a cobranças indevidas.

Eletrobras Acre lidera ranking de reclamações (Foto: Reprodução Tv Acre)
Eletrobras Acre lidera ranking de reclamações
(Foto: Reprodução Tv Acre)

G1

Pela 4ª vez consecutiva, a Eletrobras Distribuição Acre lidera o ranking das empresas mais reclamadas em 2013, segundo lista divulgada nesta segunda-feira (17), pela Diretoria de Proteção ao Consumidor do Procon/AC. Ao todo, em 2013, 498 reclamações foram registradas, representando um aumento de 377,27% em comparação com 2012, com 132 reclamações.

De acordo com a diretora do Procon/Ac Vanusa Messias, a maior parte delas são referentes a cobrança indevida e não realização da leitura do medidor de energia. “Geralmente eles fazem a leitura por média de consumo e isso gera uma reclamação muito grande por parte dos consumidores”, afirma.

Segundo o gerente do Departamento Comercial da Eletrobras-AC Roberto Monteiro, este número não é significativo se comparado ao número de consumidores do estado. “Não corresponde nem a 0,5%”, afirma.

Diretora do Procon, Vanusa Messias fala dos números (Foto: Rayssa Natani/ G1)
Diretora do Procon, Vanusa Messias fala dos números (Foto: Rayssa Natani/ G1)

Para Vanusa, a explicação de Monteiro não se justifica. “Eu acredito que se tiver uma reclamação que seja, com certeza é agravante. E hoje você pode observar que nós temos 498 reclamações e só resolvemos 80% delas. Isso demonstra que tem gente insatisfeita com os serviços da Eletrobras”, ressalta.

Em 2º e 3º lugares estão os bancos Cruzeiro do Sul e BMG, com 173 e 146 reclamações respectivamente. Órgãos públicos, como o Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb) e Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) também entraram na lista dos 10 mais reclamados, na 7ª e 9º colocação.

Dos 21.827 atendimentos realizados em 2013, o Procon resolveu 17,481 sem a necessidade de abertura de processo administrativo, ou seja, a demanda foi resolvida de maneira imediata.

Cadastro de Reclamações Fundamentais
Também na manhã desta segunda-feira (17) foi lançado o cadastro de Reclamações Fundamentais referente ao período entre janeiro a dezembro de 2013. A é exigência estabelecida pelo Código de Defesa do Consumidor  (CDC). Nele é possível encontrar os registros  de reclamações atendidas e não atendidas pelo Procon, para facilitar a escolha do melhor fornecedor.

O cadastro está disponível na página do Órgão na internet.

Comentários