Uma denuncia feita ao comando do 5º Batalhão da Policia Milita do Alto Acre, fez com que uma guarnição se deslocasse até o bairro José Moreira, parte da cidade de Brasiléia, para averiguar um possível local de venda de drogas que estaria funcionando até com ‘guarda-costas’.

A abordagem no local teria acontecido por volta das 13h30 desta terça-feira, dia 26. Segundo foi apurado após acontecer todo o trabalho dos policiais, souberam que o ‘comercio’ estaria frenético no local, o que chamou atenção de muita gente, inclusive pelo fato de ter um homem circulando no local com uma arma.

Quando a casa foi cercada pelos policiais, apenas a mulher estava dentro com as janelas e portas abertas. Foi quando avistaram encima da geladeira, o que seria uma arma e ao ser indagada sobre a mesma, disse que seria de um homem que não se encontrava no local.

A arma seria uma pistola de pressão que foi adaptada para receber projétil calibre 22 e que foi apreendida. Ao revistarem a casa, encontraram dentro do fogão, um pacote contendo cerca de 30 papelotes com cocaína e encima de uma cômoda da casa, um tubo transparente com mais cinco papelotes com drogas. Também foi localizado dentro da gaveta, cerca de R$ 740 reais, o que seria do comercio ilegal de entorpecente.

A mulher juntamente com a droga, dinheiro e a arma foram levados para a delegacia apresentadas ao delegado, para ser enquadrada em flagrante em vários crimes previsto no Código Penal. Em sua defesa, disse que estava vendendo entorpecentes devido o companheiro estar preso por diversos crimes, incluindo tráfico de drogas.

Comentários