Conecte-se conosco





Acre

Dados do Caged apontam crescimento positivo de empregos no Acre

Publicado

em

Encontro com o presidente do BNDS. Foto: Júnior Aguiar/Secom

O ano de 2021 tem sido positivo para a economia do Estado. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o emprego no Acre segue rota de crescimento e ofertou, em junho, 967 novas vagas com carteira assinada. A variação relativa é de 1,10% em relação a maio, mês em que o emprego cresceu 1,8% na comparação com o período anterior.

Os dados nacionais foram divulgados esta semana pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No Acre, as informações dão conta que em junho foram contratados 3.109 novos trabalhadores e demitidos 2.142, o que gerou saldo positivo no período.

Apesar da crise sanitária imposta pela pandemia da Covid-19, o Acre apresenta saldo acumulado de 4.793 novos postos de trabalho formais em 2021, registrando crescimento 5,68% entre janeiro e junho. Para o governador Gladson Cameli, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos na área econômica são essenciais para que o estado cresça.

“O Acre está se levantando. Com a vacinação em massa avançando é possível haver um retorno seguro ao trabalho, e consequentemente a reanimação dos setores que estavam fragilizados como o comércio”, disse o governador.

Solenidade de assinatura das medidas econômicas e tributárias. Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom

 

O secretário da Fazenda, Rômulo Grandidier, acredita que o crescimento se deu por fatores econômicos essenciais para a retomada da economia e o desenvolvimento social.  “O Acre continua gerando novos empregos. É válido ressaltar que as medidas que nós, da equipe econômica, estamos fazendo são essenciais para geração de novos empregos. Isso significa que com muito trabalho estamos conseguindo que a economia acreana cresça”.

Outra importante notícia foi a pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta crescimento de 11,9% de emprego no comércio do Acre. O maior percentual em 10 anos. Ainda segundo a pesquisa, em 2019 o comércio contratou 17.822 pessoas, um aumento de 11,9% se comparado ao ano de 2010.



Trabalho com carteira assinada tem saldo positivo em junho. Foto: Arquivo Secom

Investimentos do governo

O Acre vem se desenvolvendo nos últimos três anos com as ações implantadas pelo governo estadual.  Segundo o secretário da Fazenda do Acre, a expectativa é que em breve seja possível anunciar novas rotas que favoreçam a economia dos municípios e do Estado.

“Várias medidas em favor da economia já foram anunciadas recentemente, aprovamos um pacote de medidas econômicas e tributárias para melhorar a economia do Estado. Esta semana, por exemplo, recebemos a visita do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, que veio ao Acre para conhecer as potencialidades econômicas do Acre. A geração de emprego e renda para o acreano é uma consequência de um trabalho sério do governo, e apesar do quadro atual que o país vivencia, o Acre segue se reerguendo em vários setores”, finalizou.

Encontro com o presidente do BNDS. Foto: Júnior Aguiar/Secom

 

Comentários

Em alta