“Estamos conseguindo manter a casa em ordem, mas não sabemos daqui para frente, pois temos muita gente se contaminando”. disse o enfermeiro Josimar.

Os novos casos positivos do novo coronavírus seguem em elevação em Xapuri. Na atualização do Boletim da Secretaria Municipal de Saúde desta terça-feira, 4, foram acrescentados 24 novos diagnósticos de covid-19.

_______________

A média móvel dos últimos 7 dias no município subiu para 12 casos diários, segundo a coordenação do enfrentamento à pandemia.

_______________

Nas últimas 48 horas, foram várias as confirmações de contaminação de profissionais de saúde do estado e do município, entre os quais duas médicas do hospital Dr. Epaminondas Jácome. Além delas, duas técnicas de enfermagem testaram positivo nesta terça-feira. Agentes comunitários de saúde e enfermeiros também estão entre os novos casos.

Em razão das ocorrências no hospital local, uma médica teve que ser acionada do município de Brasiléia para cobrir o plantão de uma colega que recebeu a notícia do teste positivo durante o trabalho. O fato não causou prejuízo para o atendimento ao público, que seguiu dentro da normalidade, segundo a direção da unidade de saúde.

O gerente-geral do hospital, enfermeiro Josimar dos Santos, disse a reportagem que desde o início da pandemia novos profissionais da área médica, de enfermagem e técnica em enfermagem foram contratados, em regime de emergência, para dar suporte às demandas que já eram previstas.

“A situação não está sendo fácil, mas até o momento não tivemos problemas com a nossa escala por conta da pandemia, nossos setores não têm ficado a descoberto e nós temos nos ajudado muito. Estamos conseguindo manter a casa em ordem, mas não sabemos daqui para frente, pois temos muita gente se contaminando, tanto na saúde do estado quanto do município”.

A reportagem conversou também com o coordenador da Unidade de Referência para a Covid-19 no município, o enfermeiro Francisco Andrade. Segundo ele, tanto a demanda da unidade quanto do hospital aumentou muito desde a última semana. Por isso, na próxima semana, o atendimento na unidade de referência passará a ter duas equipes trabalhando simultaneamente.

“Se analisar os boletins de ontem e de hoje vemos muitos profissionais infectados. Nós estamos em um novo momento da pandemia, percebe-se também muitos idosos, ou seja, os adultos e jovens, que são a maioria, estão levando a infecção para a terceira idade, grupo de risco que, consequentemente, tende a necessitar de melhores cuidados”, explicou.

Internações em alta

Com os novos números divulgados nesta terça-feira, Xapuri chegou aos 505 casos confirmados do novo coronavírus, com 38 exames aguardando resultado de análise, 491 pessoas monitoradas em seus domicílios, 334 altas médicas e 6 óbitos registrados em decorrência de complicações da covid-19.

Um dado que chama a atenção é a elevação de internações hospitalares de pacientes diagnosticados em Xapuri. As hospitalizações foram mínimas desde o início da pandemia, mas subiram a partir da última semana de julho e chegaram a 8 nesse começo de agosto.

Comentários