Conecte-se conosco





Extra

Coluna da Maria Coutinho – Março, o mês dedicado as mulheres

Publicado

em

Falar sobre mulher é fácil, difícil é sê-la.

A mulher é resiliência na opressão dos porões sociais. É desconstrução das crenças de poder exclusivo masculino. É coragem para movimentar-se entre a independência e a ameaça. É transgressão pacifica. É recomeço. É força intensa. É atrevimento e disposição para amar. É voz que ecoa se precisar. É competência para construção de um mundo melhor.

Um salve…

…com profundo respeito às mulheres carbonizadas em 1911, nos Estados Unidos, quando lutavam por seus direitos. Como essas guerreiras, aprendemos a evoluir corajosamente dia após dia.

O dia internacional da mulher…

…é celebrado em oito de março unindo as mulheres de todos os continentes, etnias, crenças e classes sociais, mas as atividades realizadas por Associações, ONGs e Institutos não param. As reflexões acerca da luta feminina sobre suas conquistas nos turbilhões da vida são constantes, modo de garantir uma sociedade mais justa.

As mulheres.

Embora ainda haja reproduções de intimidações e limitações rejeitando a potencialidade das mulheres. Os movimentos por elas orquestrados em favor do direito ao voto e reconhecimento da cidadania é marco positivo na história de luta.

Elas e o trabalho…

…contribuem em pé de igualdade com a receita, mas a invisibilidade é latente no universo testosterônico. Os rótulos perversos representam o aprisionamento para empreendedoras, esposas, mães e tantas outras, pondo em xeque a competência laboral. As mulheres, ainda sofrem, mas não aceitam as feridas passivamente.

A história da Mulher

…percorre veredas tênues, sempre recusando preconceitos e papeis secundárias. Os levantes das mulheres quebraram padrões, venceram barreiras e mesmo que, a conta gotas ocupam os espaços políticos e sociais.

Quero brindar…

…as agricultoras, empresarias, secretárias do lar, margaridas, professoras, etc., reconhecendo a importância de cada uma, através da ótica daquelas que estão à frente dos serviços de saúde em tempo de pandemia.

Um Brinde as Mulheres…

…, em especial as profissionais de saúde com rotina intensa. Mães, filhas, avós, que nos raios x de seus afazeres resistem aos dramas diários. Técnicas que ignoram o medo em desafios laborais nos plantões tensos, intensos por vezes cuidadoras de muitos e ausentes do lar. Em nome dessas mulheres saúdo a todas.

Um salve a elas…

…dorsos da saúde, entrincheiradas frente ao drástico, vestidas de anjo socorrendo doentes. A ação delas é incontestável na dupla ou tripla jornada de trabalho.

As profissionais de saúde…

e apoio não são imunes as doenças, visivelmente angustiadas, cansadas por sobrecarga de trabalho aliviam o peso emocional em silenciosas lágrimas. Na luta contra o tempo, no soneto do relógio elas orquestram incontáveis procedimentos permanecendo firmes salvando vidas.

Comentários

Em alta