Município de Epitaciolândia, teve invasão em área que servia para empresa de fornecimento de energia abandonada.

Nos últimos dois meses, os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia vem sofrendo uma onda de invasões de áreas, sendo alguns particulares e outras públicas. Segundo foi levantado com os próprios moradores, centenas de pessoas estão procurando algum tipo de local para poder erguer suas casas, mas, não possuem dinheiro para poder comprar, sendo essa uma alternativa.

Na parte alta da cidade, próximo ao hospital, são cerca de três invasões. No Bairro Marcos Galvão, próximo a escola que está sendo construída, uma área de 59.7 hectares que seria do pai da ex-deputada estadual Leila Galvão, senhor Plácido Teixeira Maia, conhecido como ‘Nené Pedrosa’.

Foi levantado que a área, chamada de “Colônia 1º de Maio”, foi titulada no ano de 1981 e tem 59,7 hectares. Por coincidência, em período eleitoral passado, aconteceu outra tentativa de invasão que foi contornada.

Cerca de 30 famílias ocuparam área no Bairro Marcos Galvão, nesta terça-feira, dia 8, além de outros três locais em Brasiléia.

Em contato com membros da família, foi informado que as providencias já estão sendo tomadas no âmbito jurídico, uma vez que a aérea possui documentos e herdeiros.

Em contato com a Prefeitura de Brasiléia, foi informado que através do Setor Jurídico do Município, ações já estão sendo tomadas afim de coibir essas invasões de espaços públicos, uma vez que são áreas que estão dentro do plano de desenvolvimento, inclusive através de reuniões com moradores e sociedade organizada anos atrás. O Ministério Público está sendo acionado para que medidas sejam tomadas.

No município e Epitaciolândia, no Bairro da Satel, uma área que antes servia a uma empresa de fornecimento de eletricidade, foi invadida por centenas de moradores até as margens do Igarapé Bahia, na divisa com a Bolívia.

Segundo foi informado a área é particular, mas estava abandonada a anos, fato que motivou a invasão. Não foi possível entrar em contato com a empresa responsável para saber quais medidas estão sendo tomadas.

Comentários