fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Atraso em construção de nova ponte na fronteira gera transtornos em duas cidades

Publicado

em

O tão sonhado desejo de ver uma nova ponte erguida na fronteira do Acre, que liga dois municípios e Estrada do Pacífico (BR 317), parece que está longe, muito longe. Durante a manhã desta segunda-feira, dia 12, um engarrafamento durou longos minutos após um incidente na ponte metálica José Augusto, construída na década de 1980 com apenas uma via.

Na época, as duas cidades detinham pouco veículos e aponte suportava o volume de veículos, fato esse que já não condiz com a realidade de quase duas décadas e meia depois. Muitos políticos até usaram a duplicação em período eleitoral com a promessa de uma nova para que o tráfego atual deixe de dar prejuízo e transtornos.

Brasiléia e Epitaciolândia detém particularidades, como por exemplo; o Corpo de Bombeiros fica de um lado e o Hospital Regional Raimundo Chaar, fica do outro. Caso houver um incêndio ou um acidente em lados contrários, a ponte se torna um obstáculo, pois, não existe mais horário de pico, além de poucas pessoas que teimam em não respeitar o tempo do semáforo.

Nesta segunda-feira, tão pouco a PM, ou uma ambulância, não conseguiram passar devido um dos veículos acessar ao mesmo tempo do outro que vinha ao contrário. O engarrafamento foi inevitável e pelo que foi informado, demorou para ser normalizado.

Fiat teria sido a causa do engarrafmento na ponte nesta segunda-feira, dia 12.

Recentemente, o diretor do Deracre informou durante entrevista, que a obra está esperando informações sobre a emenda da Deputada Federal Mara Rocha, destinando cerca de R$ 10 milhões para a construção de uma nova ponte.

Já o governo do Acre teria anunciado a transferência de uma ponte desativada no mesmo molde de uma cidade do interior de São Paulo doada pelo governo federal, mas, que moradores acionaram a Justiça impedindo, por se tratar de uma peça histórica, mesmo que não haja uso e que se acabe como tempo.

Segundo o Secretário de Planejamento do Município de Brasiléia, Emerson Leão, informou que o motorista de um carro modelo Fiat, placa NAD 1183, teria acessado a ponte muito rápido e bateu na traseira do que estava na frente, este por sua vez, bateu contra a traseira da caminhonete do Secretário.

Emerson relatou que o motorista do Fiat se evadiu do local, motivo esse que ocasionou o transtorno na ponte que mão única. “Olha o constrangimento (…) temos a terceira maior frota de veículos do Acre e temos uma ponte só com uma mão. Essa ponte já deu o que tinha de dar e uma batida de caro encima da ponte atrapalha a passagem de uma ambulância (…)”, destacou o secretário.

 

Comentários

Continue lendo

Extra

Crime bárbaro em Brasiléia: assassino de “Buga” é condenado a quase três décadas de reclusão

Publicado

em

Valdesson de Souza Oliveira, de 27 anos, é condenado a 27 anos e 6 meses de reclusão pela morte de Rosângela Inácio Gonçalves, de 44 anos, conhecida na cidade pelo apelido de “Buga”. O crime aconteceu em agosto de 2023.

O corpo de Rosângela foi encontrado seminua e em estado de decomposição no Bairro Nova Esperança, nas proximidades do Hospital Regional do Alto Acre, em Brasiléia. Um vídeo compartilhado em grupos de mensagens levou as autoridades ao local do crime.

Vítima Rosângela Inácio Gonçalves, de 44 anos, conhecida na cidade pelo apelido de “Buga”.

Segundo a investigação, Valdesson teria atraído a vítima oferecendo drogas e a levado para um local isolado. Conforme a polícia, ele confessou ter atacado Rosângela com um pedaço de madeira após, supostamente, ter tido relações sexuais com ela. Na época, Valdesson era apontado como traficante de drogas e teria se envolvido em um conflito com a vítima, possivelmente devido a uma dívida relacionada ao tráfico.

Valdesson foi localizado no final do ramal Porto Rico, com acesso no km 67 da BR-317 – Estrada do Pacífico, à beira do rio Acre, na divisa com a Bolívia. Ele foi cercado pelos policiais enquanto realizava manutenção em uma canoa, impedindo qualquer tentativa de fuga pelo rio.

A condenação de Valdesson de Souza Oliveira por homicídio reforça a atuação rigorosa das autoridades na região, especialmente em casos relacionados ao tráfico de drogas e violência.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Principal suspeito de homicídio em invasão é localizado pela Polícia Civil de Brasiléia

Populares encontram corpo de mulher sem roupa em invasão de Brasiléia

Comentários

Continue lendo

Extra

Primeira noite reuniu multidão no carnaval fora de época na tríplice fronteira do Acre

Publicado

em

Na abertura oficial do carnaval fora de época de Assis Brasil, realizada na última sexta ferida,17, no palco e na praça, não faltou disposição.

Bandas locais e cantora Sandra Mel, de Rio Branco agitaram a primeira noite da folia que celebra os 48 anos de Assis Brasil, a aconchegante cidade acreana localizado na tríplice fronteira do Brasil com o Perú e a Bolívia.

Aliás, os hermanos dos dois países marcaram presença na primeira noite que reuniu na multidão. Com uma estrutura digna de um grande evento, a prefeitura da cidade, sob a gestão do prefeito Jerry Correia, com apoio do governo do estado, Sebrae e outros parceiros, montou um área com praça de alimentação, espaço para expositores, banheiros e um palco com sonorização perfeita.

Neste sábado,18, sobem no palco entre outras atrações a longeva banda Arregaça-aê, de Rio Branco e a primeira atração nacional, a banda Chicana, de Salvador, Bahia.

“Estamos otimistas com a realização desse grande evento, que além de gerar renda para os comerciantes e fortalecer o turismo, promove uma grande interação entre os moradores de Assis Brasil e os turistas”, garantiu o prefeito Jerry Correia.

O gerente do Sebrae na cidade, Onofre Antônio, também destacou a importância do evento para a cidade: “O carnaval fora de época representa uma ótima oportunidade para os empresários locais, além de proporcionar momentos de lazer e entretenimento para a população”.

Por fim, o Carnaval de Assis Brasil é uma tradição muito valorizada pela população e é um dos eventos mais aguardados do ano. Com o apoio da prefeitura e de outras instituições, a festa promete ser uma grande celebração, com muita música, dança e alegria.

Comentários

Continue lendo

Extra

No aniversário de Assis Brasil, prefeitura inaugura obra e anuncia mais investimentos

Publicado

em

Ao lado governador Gladson Cameli, o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia e o vice Reginaldo Martins, inauguraram, na tarde desta sexta feria (17), o auditório da Escola Íris Célia Cabanelas.

Essa solenidade antecedeu o anúncio de outros investimentos para a cidade que celebrou essa semana, 48 anos de fundação.

O prefeito e o governador assinaram ordens de serviços para construção de 11 casas populares, melhoria no ramal São Francisco e a construção de uma ponte no ramal São Pedro.

Também assinaram a ordem de serviço para revitalização do Núcleo de Educação da cidade. Este ato teve a participação do secretário da pasta, Aberson Carvalho.

Em seguida, com a presença da presidente do Detran, Taynara Martins, os dois gestores entregaram 56 capacetes para mototaxistas da tríplice fronteira.

O governador disse no discurso, que juntos, os investimentos se aproximam de R$ 3 milhões de reais. Jerry Correia agradeceu todo o apoio que tem recebido do governo Gladson desde que assumiu a prefeitura de Assis Brasil.

Depois dessa solenidade foi iniciado o desfile cívico, com a participação dos alunos, professores e pessoal de apoio das escolas públicas, Polícia Militar, Polícia Civil e outras entidades.

Texto: Jairo Barbosa
Fotos: Alexandre Lima

Comentários

Continue lendo