fbpx
Conecte-se conosco

Brasil

Sob o tema agronegócio, Lide Brasília volta à casa de Fernando Cavalcanti

Publicado

em

Sob o tema agronegócio, Lide Brasília volta à casa de Fernando Cavalcanti
Pedro Reis

Sob o tema agronegócio, Lide Brasília volta à casa de Fernando Cavalcanti

Após uma edição no Royal Tulip, o principal encontro empresarial de Brasília retorna para a residência do já tradicional anfitrião Fernando Cavalcanti, vice-presidente do Nelson Wilians Group (NWGroup). A mansão imponente no Lago Sul foi palco de mais um Lide Brasília , presidido pelo empresário e ex-senador Paulo Octávio.

“As pessoas perguntam porque eu gosto de receber os eventos em casa. Eu digo que ela é a extensão das relações que costumo criar com as pessoas. Aqui eu recebo políticos, empresários e juízes, principalmente porque Brasília me abraçou e eu tenho que ser recíproco” , explicou Cavalcanti em conversa com o GPS.

Fernando também comentou sobre o Lide Nova York , que aconteceu neste mês na Brazil Week 2024 , semana destinada à discussão de temas relacionados ao futuro econômico e sustentável do país. “Conseguimos captar negócios não só para o NWGroup, mas também vislumbramos muitas oportunidades que, inclusive, serão inseridas aqui no Distrito Federal” , disse.

Apaixonado por carros, Fernando apresentou logo na entrada da casa seu mais novo xodó, a réplica de uma McLaren do piloto Ayrton Senna. A máquina é um trabalho quase artesanal do mecânico especialista em personalização e decoração automobilística Adhemar Cabral .

Adentrando na mansão, os convidados eram recebidos por Paulo Octávio, que cumprimentava um a um. Nesta edição do encontro, o empresário, que é presidente do Lide Brasília desde 2013, usou uma gravata verde. De acordo com ele: “Para representar o agronegócio” .

O início efetivo do evento foi marcado pela coletiva de imprensa do ministro Carlos Fávaro , que reforçou as ações realizadas pelo Governo nos primeiros 500 dias de mandato. “Ampliar os mercados foi a principal ação deste período, são 123 novos mercados abertos e aproximação com 51 países dos quais não tínhamos negociações anteriormente” , comentou.

Em seguida, os empresários, políticos e jornalistas se acomodaram às mesas e o almoço-debate começou. A entrada foi um mix de hortaliças, acompanhado de presunto de Parma e figos frescos. Enquanto isso, Champagne Veuve Clicquot era servido para os convidados.

Ao som das explicações sobre o potencial agropecuário da capital federal, as duas opções de prato principal foram entregues. Escalope de filet ao molho de vinho com sorrentino de limão siciliano ao pomodoro, além de atum selado em crosta de gergelim acompanhado de cuscuz de cogumelos compuseram as seleções gastronômicas. Nas taças, Châteauneuf-du-Pape era a alternativa de vinho tinto e Châteu Guiraud a de vinho branco.

Ao fim do almoço, quando o chocolatudo com calda de frutas vermelhas chegava às mesas, a rodada de considerações finais acontecia. Foi quando o representante do Governo do Distrito Federal no encontro – o secretário de Estado de Governo do Distrito Federal, José Humberto – afirmou: “Uma das melhores palestras que já vi no Lide” .

O último ato programado da cerimônia foi a entrega de garrafas de vinhos a algumas autoridades presentes, com destaque para o próprio palestrante. O rótulo em questão foi uma cortesia da Vinícola Brasília, reforçando um dos principais pontos de debate da tarde, que enfatizaram o potencial produtivo do DF.

Já em um momento de maior descontração, quando o networking ocorria entre os presentes, André Octávio Kubitschek, filho do empresário Paulo Octávio, presenteou o ministro Carlos Fávaro com um exemplar do livro “Por que Construí Brasília”, de Juscelino Kubitschek.

Como já é de costume, diversas autoridades passaram pelo Lide Brasília. Confira abaixo os cliques de Celso Junior:

José Rodrigues Neto, Jamal Bittar, Paulo Octávio e Edison Garcia

Gen. Eschiletti, Paulo Octávio e Valério Stumpf

Claudia Pereira e Rafael Badra

Paulo Octávio, Janine Brito e Rafael Bueno

Paulo Octávio e Rafael Bueno

André Octávio Kubitschek, Roberval Belenati e Fernando Queiroz

Paulo Octávio, Carlos Fávaro e André Kubitschek

Nadim Haddad e Edison Garcia

Carolina Araújo Mendes

Paulo Octávio, Carlos Fávaro e José Humberto

André Octávio Kubitschek e Renata Sanches

André Octávio Kubitschek e Weber Magalhães

Weber Magalhães, Paulo Octávio, Carlos Fávaro, Fernando Cavalcanti e André Octávio Kubitschek

Veja também as fotos de Rayra Paiva:

Rafael Badra e Marcella Athayde

Janete Brito e Janine Brito

Carlos Jacobino, Júlia Lucy e Luiz Afonso de Medeiros

Alan Soares, Sueli Rodrigues, Sandra Costa e Paulo Lopes

Pedro Pimenta da Veiga, Nathalia Pimenta da Veiga, Fernando Cavalcanti e Samuel Queiroz

Nadim Haddad

José Guilhermo Brenner

Alexandre Cenci, Fabrício Marchese, Renata Sanches, Alexandre Ahlerit e Marcos Dal Bello

Raquel Carvalho, Afonso Assad e Sandra Santos

Jonas Félix e Fernando Ribeiro

Fernando Cavalcanti, Wellington Luiz e Guilherme Machado

Nelsinho Trade e Roberval Belenati

Rafael Bueno e José Humberto

Cheila Wobido e Tainah Mello

Renata La Porta e Cristiane Hanashiro

Janete Brito e Janine Brito (2)

Barnardeth Martins e Melissa Barros

Luis Antônio Reis, Sergio Andrade e Josaphá Francisco

Eduardo Pereira e Luíza Rodrigues

Rafael Badra e Luis Antônio Reis

Pedro Ávila e Paulo Muniz

João Paulo Neves e Frederico Candian

Beatriz Montes, Juliana Pimentel e Chico Vigilante

Carlos Jacobino e Tarso Tassis

Sueli Rodrigues e João Paulo Neves

Jane Klebia e Roberta Macedo

Jonas Félix, Rodrigo Nogueira e Pedro Nogueira

Cristiano Araújo e Carol Mendes

Rodrigo Nogueira e Gen. Valério Stumpf

Adalberto Jr, Jamal Bittar, Raquel Carvalho, Afonso Assad e José Rodrigues Neto

Cláudio Magnavita e Rudolfo Lago

Valdeci Monteiro, Augusto Viana, João Teodoro, Carlos Fávaro, Paulo Octávio, José Humberto e Bia Kicis

Paulo Octávio e Carlos Fávaro (2)

LIDE-19

Fabrício Carata, Fábio de Carvalho, Antônio Matias, Fernando Brites e Luís Afonso Costa de Medeiros

Fernando Brites, Luiz Afonso de Medeiros e Marconi de Souza

Roberto Botelho e Tarso Tassis

Paulo Muniz e Avaldir Oliveira

Guilherme Dolabella, Caroline Borges e Marcella Athayde

Alexandre Cenci, Rafael Bueno, Fabrício Marchese e Ivan Engler

Mauro Heringer e Enrico Ribeiro

Valdeci Monteiro, João Teodoro e Augusto Viana

Edison Garcia, José Rodrigues Neto, Sebastião Abritta e Luciano Tonon

Caio Barbieri e Edison Garcia

Ediardo Martins (GAAS) e Fernando Pires (Assessoria Dep. Bia Kicis)

Gen. Eschiletti, Valério Stumpf e Fernando Queiroz

Dawson Oliveira, Cheila Girardello e Carlos Canedo (Dir. Sicredi Planalto Central)

Janete Brito, Cláudia Pereira e Janine Brito

André Kubitschek e Henrique Severien

The post Sob o tema agronegócio, Lide Brasília volta à casa de Fernando Cavalcanti first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Grave acidente entre motos deixa dois mortos na zona leste de Porto Velho

Publicado

em

O jovem João Vitor da Silva Peixe, 19 anos, e Antônio Vanclei Rodrigues de Oliveira, 33 anos, morreram na noite deste domingo (16), vítimas de um grave acidente envolvendo duas motos, na rua Aruba, bairro Socialista, na zona leste de Porto Velho. Diego David Soares, 22 anos, foi socorrido em estado grave.

João Vitor pilotava uma Honda 150 e seguia com o amigo Diego, quando ocorreu a colisão frontal com uma Honda Biz, conduzida por Antônio Vanclei. Com o impacto, Antônio morreu ainda no local. As outras duas vítimas foram socorridas ao pronto-socorro João Paulo II, mas João também não resistiu aos ferimentos.

Comentários

Continue lendo

Brasil

MP de Rondônia denuncia 10 à Justiça por movimentação criminosa de mais de R$ 200 milhões

Publicado

em

MPRO esclareceu que os denunciados montaram urna “lavanderia de dinheiro” e prestavam seus serviços para qualquer pessoa física ou jurídica interessada em receber valores provenientes direta ou indiretamente de fonte criminosa, ilícita ou totalmente desconhecida

Os denunciados utilizavam as tipologias classificadas como contas de passagem, fracionamento de transferências ou depósitos em valores abaixo dos limites de alerta fiscalizatório do COAF

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) ofereceu denúncia contra 10 pessoas investigadas na Operação Alcance 2, deflagrada no último dia 12 de abril, com a finalidade de desarticular organização criminosa voltada para a prática de crimes de lavagem de dinheiro, sendo em Porto Velho, o local de suas principais atividades.

A denúncia foi apresentada no Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) na última sexta-feira (14), imputando aos denunciados a prática dos crimes de constituição e integração de organização criminosa qualificada pelo emprego de arma de fogo, participação de funcionário público e conexão com outras organizações criminosas independentes (art. 2º, §§ 2º, 3º e 4º, incisos II e IV, da Lei 12.850/2013), em concurso material com muitos crimes de lavagem de dinheiro qualificados pela reiteração delitiva e terem sido praticados no contexto de organização criminosa (art. 1º, caput, e §§1º, inciso I, e 4º, da Lei 9.613/1998).

A investigação conduzida pelo MPRO esclareceu que os denunciados montaram urna “lavanderia de dinheiro” e prestavam seus serviços para qualquer pessoa física ou jurídica interessada em receber valores provenientes direta ou indiretamente de fonte criminosa, ilícita ou totalmente desconhecida (cegueira deliberada).

Os denunciados utilizavam as tipologias classificadas como contas de passagem, fracionamento de transferências ou depósitos em valores abaixo dos limites de alerta fiscalizatório do COAF (R$ 4.999,00 e R$ 9.999,00), mesclagem com dinheiro lícito, saques e trânsito de dinheiro em espécie, para ocultar e dissimular a origem, destino, propriedade e localização desses valores.

Por meio desse “serviço”, o contratante fazia com que os valores espúrios ou duvidosos fossem depositados ou transferidos para as contas bancárias utilizadas pela organização, depois eram “pulverizados” e espalhados por várias outras contas registradas em nome de pessoas físicas e jurídicas integrantes do esquema. Por fim, eram sacados em espécie e entregues ao destinatário anônimo, já “limpos” dos rastros anteriores, dissimulando a origem desse dinheiro (dissimulação) e praticamente impossibilitando a identificação do destinatário final e sua localização (ocultação).

Segundo apurado até o momento, com esse esquema profissionalizado de lavagem de dinheiro, os denunciados movimentaram entre os anos 2018 e 2022 o total de R$ 239.738.344,61 em valores a descoberto, ou seja, sem lastro plausível para as transações, dos quais R$ 213.915.430,11 foram identificados como transações suspeitas ou típicas de lavagem de dinheiro, identificadas em quatro grupos: 1º Grupo – valores provenientes de pessoas físicas e jurídicas implicadas em investigações e operações realizadas em outros estados da federação por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa; 2º Grupo – valores provenientes de transações de extração e venda de minério apenas “no papel”, sem a menor comprovação sequer da existência dos minerais declarados; 3º Grupo – valores provenientes de depósitos não identificados (abaixo do limite estabelecido pelo COAF); e 4º Grupo – valores originários de operações conhecidas como non sense, ou seja, sem sentido, sem razão ou lastro aparente.

A primeira fase da Operação Alcance 2 foi deflagrada no dia 12 de abril com a finalidade de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão, afastamento de cargo público e medidas assecuratórias de bens, direitos e valores decretadas pelo TJRO.

Em 12/6/2024 foi deflagrada uma segunda fase, com o fim de dar cumprimento a três mandados de busca e apreensão, também decretada pelo TJRO, visando recolher e apreender veículos pertencentes à liderança da organização, ante o descumprimento da ordem anteriormente decretada indisponibilizando esses bens e proibindo a circulação deles.

Agora, com o oferecimento da denúncia, inicia-se a fase processual, assegurado o contraditório e ampla defesa dos denunciados, até a final decisão, pelo Tribunal de Justiça de Rondônia sobre a condenação ou absolvição dos acusados e as penas eventualmente aplicáveis para cada um deles.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Botafogo aproveita tropeços de Flamengo e Bahia e assume liderança do Brasileirão

Publicado

em

Por

Botafogo aproveita tropeços de Flamengo e Bahia e assume liderança do Brasileirão
ESTADÃO CONTEÚDO

Botafogo aproveita tropeços de Flamengo e Bahia e assume liderança do Brasileirão

O Botafogo ficou somente dois dias no topo da tabela do Brasileirão na rodada passada. Mas agora é o primeiro colocado para valer. Beneficiado por empates de Flamengo e Bahia, o time se isolou na ponta, com 19 pontos, um a maias que os concorrentes, ao bater o Grêmio por 2 a 1 em Cariacica, neste domingo.

Cuiabano e o artilheiro Júnior Santos fizeram os gols da equipe de Artur Jorge, que jogou desfalcada do centroavante Tiquinho Soares por causa da morte de seu pai. Gustavinho anotou para os gaúchos, que c Airam para a zona de rebaixamento.

Em campo neutro em Cariacica, o Botafogo sabia que um triunfo poderia levá-lo à liderança – desde que o Bahia tropeçasse após o 1 a 1 do Flamengo com o Athletico-PR. Ciente disso, os cariocas tentaram dominar as ações após o apito inicial.

Mesmo sem usar a escalação de quatro atacantes habitual das últimas rodadas por causa dos desfalques de Jeffinho, machucado, Savarino com a seleção para a Copa América e Tiquinho Soares, liberado por causa da morte de seu pai, Artur Jorge prometia um Botafogo ofensivo.

E bastaram nove minutos para a equipe assumir o comando do placar. Belo passe de Marlon Freitas para o lateral-esquerdo Cuiabano aparecer livre e mandar às redes. Por respeito ao ex-clube, o jovem não comemorou.

O Grêmio conseguiu o empate rapidamente, contudo. Em contragolpe, o árbitro deu vantagem e Gustavinho pegou a sobra após Lucas Halter não conseguir afastar para deixar tudo igual. O Botafogo reclamou de impedimento de JP Galvão, que saiu da bola e não participou do lance: 1 a 1.

A torcida botafoguense até se inflamou com a notícia de que o Bahia estava perdendo para o Criciúma. Mas sua equipe sofria para criar oportunidades, apostando em chutes de longa distância sem perigo. E a igualdade permaneceu até o intervalo.

O Botafogo voltou para a etapa final com o atacante Yarlen na vaga do volante Gregore disposto a dar mais sustos no Grêmio, até então tranquilo em campo. E precisou de poucos minutos para retomar o comando do marcador. Lindo passe de Luiz Henrique e belo gol do artilheiro Júnior Santos, agora com 18 bolas nas redes no ano. Prestou homenagem ao companheiro Tiquinho Soares.

Com contrato renovado até dezembro de 2027, o atacante anotou na frente e foi vital na defesa ao cortar de pé direito, em cima da linha, o que seria novo gol de empate gremista, após cabeçada de Gustavo Martins. Logo depois, quem salvou em cima da linha foi o goleiro John, voando em cabeçada de Cristaldo.

O Grêmio buscou a igualdade até o fim, mas não conseguiu acertar o alvo e acabou amargando mais um tropeço na competição. O Botafogo comemorou a quarta vitória seguida na competição e a liderança isolada.

Confiram a tabela atualzada da série A do Campeonato Brasileiro:

1° Botafogo: 19
2° Flamengo: 18
3° Bahia: 18
4° Athletico: 17
5° São Paulo: 15
6° Red Bull Bragantino: 15
7° Palmeiras: 14
8° Cruzeiro: 14
9° Atlético-MG: 13
10° Internacional: 11
11° Juventude: 10
12° Fortaleza: 10
13° Atlético-GO: 8
14° Cuiabá: 7
15° Vasco: 7
16° Corinthians: 7
17° Grêmio: 6
18° Criciúma: 6
19° Fluminense: 6
20° Vitória: 6

The post Botafogo aproveita tropeços de Flamengo e Bahia e assume liderança do Brasileirão first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo