Conecte-se conosco





Geral

Senadora do Acre apressa Ministério por Saúde Mental e instalação de centros municipais para cuidar de trabalhadores

Publicado

em

Mailza leva líder sindical e Diretora da Sesacre e pede defesa da saúde dos profissionais que enfrentam Pandemia no Acre

Sem parar no Recesso, a Senadora Mailza (PP) , provoca autoridades sanitárias de Brasília a acelerar medidas de segurança e proteção à saúde dos trabalhadores do Acre.

Em companhia da sindicalista e Diretora de Saúde da Sesacre Francinete Barros, ela convocou reunião de emergência com a Equipe técnica da Secretaria de vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, ontem, e garantiu medidas contra o aumento de doenças mentais derivadas da pandemia de Covid-19 no Acre.

Com estatísticas da Diretora da Sesacre, que demonstram alta quantidade de profissionais da linha de frente no enfrentamento à Calamidade sendo vitimados, Mailza e Francinete Barros solicitaram, e obtiveram, o compromisso da Diretora do Ministério a instalação dos CEREST’s municipais, para atenderem aos trabalhadores em geral nos vales do Acre, Alto Acre e Juruá.
O CEREST concentra as políticas de Saúde do Trabalhador em todo o País, mas, no Acre, só existe no âmbito estadual.

A Senadora Mailza garantiu que destinará Emenda Parlamentar e, assim como tem feito em relação à recuperação e reconstrução de trechos da Estrada de Cruzeiro do Sul, especialmente no trecho entre Sena Madureira e a ponte sobre o rio Liberdade, no Juruá, além de ter pedido à Presidência do Incra a garantia da Titulação de terras a moradores de Projetos de Assentamento do Acre, mobiliza outras lideranças femininas do PP no Senado e no Acre para consolidar ações políticas adequadas à realidade de todo o Brasil.

“Temos que nos antecipar, atualizar políticas, especialmente de Saúde Mental, para evitarmos outras consequências drásticas da Covid-19 no Sistema Público de Saúde e na vida dos brasileiros “, enfatizou a senadora do Acre.

Comentários

Em alta