“Vamos gritar Fora esse governo e todas as suas políticas excludentes”, disse a presidente do Sinteac

“A proposta do governo é vergonhosa”, Rosana Nascimento

ASSESSORIA

A Educação tem uma grande tarefa nesta atual conjuntura política neoliberal liderada pela a elite conservadora brasileira. Como trabalhadores em Educação só nos resta enfrentar a política neoliberal do governo Temer, que nos tira direitos históricos, como contrapor a mídia serviçal que promove todos os dias uma lavagem cerebral na população, através dos grandes jornais e nos telejornais das TV’s abertas, dizendo que o Brasil está quebrado e que as aposentadorias geram um grande rombo na previdência social.

Em seguida buscam nos convencer que a única solução para colocar o país nos trilhos é privatizar todas as nossas empresas estatais, inclusive a Petrobras, bem como entregar as áreas descobertas do pré-sal na costa Brasileira, para serem exploradas pelas multinacionais do setor petrolífero, sendo que 10% dos recursos que fossem arrecadados com os royalties seriam destinados para melhorar a qualidade do ensino e a valorização dos educadores.

Ignorar esta ação nefasta da nossa elite parasita de que a terceirização ilimitada dos serviços públicos pode dar resposta à má qualidade dos serviços públicos, que a Educação só será de qualidade quando for mercantilizada, que a militarização resolverá o problema da violência na escola, que a reforma do Ensino Médio trasformará os cidadãos qualificados e que a valorização dos profissionais só será possível com a meritocracia.

Os trabalhadores em Educação devem lutar contra tudo isso que está sendo implantado no Brasil, pois este governo ilegítimo mergulhou a nossa nação em um grande retrocesso político e a recessão econômica nos leva para um caminho sem Educação, sem Saúde, sem aposentadoria e sem concursos públicos. O desafio está posto, mas neste momento a Educação tem um papel fundamental para mudar o rumo para onde este governo neoliberal está nos levando, para ser um povo miserável e sustentando pelas migalhas que caírem da mesa farta da elite conservadora e retrógrada.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) deliberou greve geral neste país, mas vamos convocar todos os trabalhadores para esta luta que é do povo brasileiro. Vamos gritar Fora esse governo e todas as suas políticas excludentes. Educação, vamos reagir, porque não podemos fugir da luta!

Rosana Nascimento é presidente do Sinteac

Comentários