fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Regional do Alto Acre terá Núcleo do Instituto Médico Legal

Publicado

em

MPAC, Estado e prefeituras firmam acordo de cooperação técnica para implantação de Núcleo de Perícias Criminais e Sexuais na Regional do Alto Acre

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (17), uma reunião entre autoridades do Ministério Público do Acre, Governo do Estado por intermédio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – Sejusp, da Polícia Civil do Estado do Acre – PCAC, da Secretaria de Estado de Saúde – Sesacre e prefeituras.

O objetivo é estabelecer parâmetros para o início da implementação de local de um núcleo de perícias criminais e sexuais, que será instalado em Brasiléia, com estrutura física adequada e dotado de profissionais qualificados, com realização das atividades de medicina legal, para atendimento da regional do alto acre.

A ação, que foi realizada pela promotoria de justiça, dentre as várias autoridades presentes, contou com a presença do Procurador Geral de Justiça, Drº. Danilo Lovisaro e a Coordenadora do Núcleo de Apoio Técnico, Drª. Marcela Cristina Ozório, da Promotora de Justiça do MP-AC – Brasiléia, Drª. Pauliane Mezabarba, Secretário de Estado, José Américo de Souza Gaia, Delegado- Geral de Policia Civil, José Henrique Maciel, Prefeitos do Alto Acre; Fernanda Hassem de Brasiléia, Sérgio Lopes de Epitaciolândia, Bira Vasconcelos de Xapuri e Jerry Correia de Assis Brasil, além do deputado Tadeu Hassem, vereadores e agentes da Polícia Federal.

Na ocasião, a Promotora de Justiça de Brasileia Dra. Pauliane Mezabarba fez uma explanação mostrando os altos índices de violência recorrente na Regional do Alto Acre, que vão desde crimes intencionais aos crimes sexuais, apontando a intervenção imediata do estado na implantação de um Núcleo de Perícias Criminais e Sexuais, para dar celeridade as investigações e elucidações dos crimes cometidos.

Os prefeitos e parlamentares falaram da importância desse acordão para a regional do Alto Acre.

Sérgio Lopes prefeito de Epitaciolândia, parabenizou aos envolvidos pela iniciativa. “Sou Delegado de carreira, hoje estou como prefeito, sei muito bem da falta que faz um Núcleo de Perícia, por muitas vezes as pessoas têm de sofrer com a dor da perda de um ente por um assassinato ou acidente, e ainda tem que esperar a chegada de peritos que pode demorar horas. Agora nossa regional irá poder contar com esse serviço, para nós, é motivo de muita alegria”, destacou o Prefeito.

A prefeita Fernanda Hassem falou da implementação da unidade de polícia técnica científica na região do Alto Acre. “E uma luta de muitos anos. Há dez anos a gente pede um olhar de respeito e de sensibilidade a região do Alto Acre. Foi apresentado na sede do ministério público para a promotora Pauliane, os tristes dados da nossa região. Hoje é a implantação completa de uma unidade de polícia técnica científica na região do Alto Acre”, disse.

Prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem – Foto: Wesley Cardoso

O Secretário de Justiça e Segurança Pública de Estado, José Américo de Souza Gaia ressaltou a importância dessa união para o combate à criminalidade. “A integração entre os órgãos que compõe a segurança pública, é imprescindível para o combate ao crime, essa parceria para obter sucesso ela tem que ir além dos órgãos que compõe o Sistema de Segurança, tem que abranger as prefeituras, o envolvimento de todos do Deputados e Vereadores em torno de uma causa única, que é o combate e a diminuição da criminalidade.

Comentários

Continue lendo

Extra

Em Epitaciolândia: Jogo universitário termina em pancadaria

Publicado

em

Uma final de um campeonato de futebol organizado por acadêmicos de medicina que estudam em uma faculdade boliviana localizada em Cobija, capital de Pando, deveria terminar na noite deste domingo, dia 21, no ginásio de Esportes Wilson Pinheiro, na cidade vizinha de Epitaciolândia.

Segundo foi informado, cerca de 11 times participaram desse campeonato organizados pelos próprios estudantes, como forma de que todos participassem como forma de confraternização, mesmo que não houvesse patrocínio da instituição.

Tudo ia bem até a final entre dois times neste domingo até a vitória de um plantel. Não satisfeito, ao que parece em um dos vídeos, um dos torcedores do time que perdeu, não aceitou a derrota e iniciou uma confusão que foi tomando proporções maiores.

Foi quando iniciou uma briga generalizada, envolvendo jogadores e torcedores de ambos os lados. Imagens feitas por populares publicadas em grupos de redes sociais, mostra a confusão até que os ânimos se acalmassem

Não foi informado se houve registro na delegacia do Município, ou feridos que necessitassem entrada no hospital. Também não se tem registro se a final houve campeão.

Veja as imagens.

Comentários

Continue lendo

Extra

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue

Publicado

em

Número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023; Distrito Federal tem maior total de casos prováveis

O Brasil alcançou a marca dos 1.601 óbitos por dengue confirmados em 2024. Além disso, outras duas mil mortes seguem em investigação e podem ter sido causadas pela doença, totalizando 3,6 mil mortes confirmadas ou suspeitas até o momento. Os dados são do painel de casos do Ministério da Saúde atualizado nessa sexta-feira (19).

O número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 brasileiros perderam a vida para doença. A diferença entre os casos ainda em investigação de 2023 e 2024 supera os 1.707%. Do ano passado, apenas 114 ocorrências seguem em investigação.

Em relação aos casos prováveis da doença, os números chegam a 3,535 milhões em 2024 contra 1,649 milhão em 2023, aumento de 114%. Já o coeficiente de incidência de casos por 100 mil habitantes cresceu de 773 em 2023 para 1.741 casos prováveis para cada 100 mil brasileiros em 2024.

As mulheres são as mais afetadas pela doença, representando 55% das ocorrências prováveis, contra 44% de pessoas do sexo masculino. A faixa etária mais afetada é dos 20 aos 29 anos, com 358 mil mulheres dessa faixa etária atingidas contra 299 mil homens.

Apesar do aumento expressivo no número de casos e óbitos, a letalidade da doença em relação ao total de casos teve leve redução. De uma letalidade de 4,83% em casos graves em 2023 para 4,35% em 2024. Além disso, a letalidade dos casos prováveis passou de 0,07% para 0,05% no mesmo período.

Estados

Proporcionalmente, as unidades da federação com a situação mais grave da doença, índice calculado por casos prováveis a cada 100 mil habitantes (coeficiente de incidência), são: Distrito Federal (7,9 mil x 100 mil); Minas Gerais (5,3 mil x 100 mil); Paraná (3,0 mil x 100 mil); Espírito Santo (2,9 mil x 100 mil); Goiás (2,5 mil x 100 mil); Santa Catarina (2,0 mil x 100 mil); São Paulo (1,8 mil x 100 mil); e Rio de Janeiro (1,3 mil x 100 mil).

Na parte embaixo da tabela, com os melhores índices de incidência, estão os estados de Roraima (36 casos x 100 mil); Ceará (96 casos x 100 mil); Maranhão (128 casos x 100 mil); Sergipe (137 casos x 100 mil) e Alagoas (152 casos x 100 mil).

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura de Brasiléia realiza evento para celebrar o dia dos Povos Originários no município

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 19, a Prefeitura de Brasiléia promoveu um evento especial para celebrar e homenagear os Povos Indígenas Jaminawa que residem em contexto urbano do município.

Com objetivo de reconhecer ainda mais sua cultura e suas tradições, promover a conscientização sobre a inclusão e reafirmar os direitos previstos na Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas, o dia foi marcado por uma programação diversificada e emocionante.

O evento teve início com a presença de autoridades dos três poderes constituídos ( Executivo, Legislativo e Judiciário), convidados, incluindo a representante dos Povos Originários – Marilza Jaminawa, a Secretária de Educação – Francisca Oliveira, o Secretário de Meio Ambiente representando a Prefeita Fernanda Hassem- Professor Val, Presidente da Câmara Municipal- Marquinhos Tibúrcio, Promotor de Justiça do MPAC- Dr. Juleandro Martins, Gerente de Organismo de Política para as Mulheres ( OPM), Suly Guimarães, Coordenadora do Núcleo de Educação – Maria Cecília e o Juiz da Vara Civil de Brasileia Dr. Robson Medeiros.

Durante as atividades culturais promovidas pelos os povos originários da etnia Jaminawa que vivem em condição urbana no município e enalteceram as tradições dos Povos Indígenas. Além da realização do Programa Criança Feliz para as crianças indígenas da comunidade.

No Brasil existem aproximadamente 260 povos indígenas. O censo de 2022 mostra que são mais de um milhão e meio de pessoas. No Acre são aproximadamente 36 terras indígenas de 16 povos de etnias diferentes.

Em Brasileia temos 56 famílias no total sendo 224 pessoas indígenas da etnia Jaminawa vivendo em contexto urbano.

Os Povos Originários são exemplos de luta e resiliência, afirmou o Secretário Municipal de Meio Ambiente Prof Val.

“Quero agradecer a gestão municipal em nome da prefeita Fernanda Hassem que proporcionou esse momento como os Povos Originários. Esse evento representa reconhecimento e o respeito pelos povos indígenas,são exemplo de luta e resiliência ao longo da história”,disse.

Marilza Jaminawa representante da comunidade fala da homenagem especial recebida.

“é muito importante e especial quando a gente ver que somos vistos e valorizados, estamos sendo homenageados e que poder público estar aqui conosco para nos apoiar”.

O Promotor de Justiça Dr. Juleandro Martins,prestigiou falou da importância da homenagem.

“Quero reconhecer os avanços que foram feitos nessa comunidade, sabemos que ainda precisam ser ajustadas políticas públicas, mas o fato é que muito já avançou. Hoje é um dia muito simbólico para reconhecer a cultura, a resiliência e a força desse povo”, afirmou.

Para o Juiz vara Civil de Brasiléia Dr, Robson Medeiros,os povos originários são de fundamental importância para a história de nosso país.

“O Poder Judiciário está sempre de portas abertas por causa dos povos originários, nós estamos voltados para atender de forma mais atenciosa suas demandas. Agradecer o poder público municipal por essa importante iniciativa”, destacou.

Comentários

Continue lendo