O município de Assis Brasil, com 13,48% de contaminação receberá a maior parte da divisão, com R$ 490.500,50, seguido de Xapuri

Com A Tribuna

O governo do estado e a comissão intergestores bipartite, composta determinou ontem a divisão de recursos de R$ 13,296.294,00 enviados para o enfrentamento da COVID no estado.

O total refere-se a verbas do ano de 2020, de março a dezembro, que chagaram agora e foram imediatamente repassados. De acordo com as normas que regulamentam o repasse, o recurso foi dividido entra a Secretaria estadual de saúde, que ficou com 60%, ou R$ 7.977.776,40 e R$ 5.318.517,60 foram destinados aos 22 municípios, na razão direta da população, do número total de casos registrados e da proporção entre os casos de COVID em proporção à população.

Publicação do diário oficial de ontem mostrou como ficou a distribuição, que já será enviada para os prefeitos. O município de Assis Brasil, com 13,48% de contaminação receberá a maior parte da divisão, com R$ 490.500,50, seguido de Xapuri, com uma prevalência de 12,17 %, que ficará com R$ 340.230,00 e depois Rio Branco, com R$ 300.241,31, para um índice de 5,65%, mas com 22.994 casos de covid confirmados e Tarauacá, com índice de 9,76% e total de R$ 296.156,75.

Veja a tabela com os valores recebidos e repassados à Sesacre e aos municípios, conforme acordado.

Comentários