Ele estava detido desde 2018 e cortou as barras de sua cela que estava com “um pequeno cadeado”.

Na madrigada segunda-feira, 16, um prisioneiro brasileiro escapou da prisão de segurança máxima de Chonchocoro, localizada no município de Viacha. O diretor do Regime Penitenciário, Clemente Silva, informou que foi iniciada uma investigação interna contra os guardas que estavam de serviço.

“O preso foi identificado como Jesuilson Pereira Gómez, 31, que estava detido preventivamente desde de setembro de 2018 e é acusado de extorsão e porte ilegal de armas”, disse Silva.

O diretor compareceu à prisão para realizar uma inspeção pessoal, após o pessoal da Força Especial de Combate ao Crime (Felcc) abriu a investigação e processo criminal. O Ministério Público foi instruído a iniciar o processo interno contra os guardas que estavam de serviço.

O relatório preliminar indica que a fuga do prisioneiro ocorreu por volta das 05:00, quando cortou uma das barras de sua cela em frente ao pátio, pulou uma malha do perímetro interno e escorregou pela parede externa. Os pesquisadores descobriram “uma pequena cerra”, com a qual eles presumem que Pereira cortou a barra.

O diretor disse que as tropas Felcc e os elementos de inteligência estão em operações de rastreamento para encontrar o fugitivo.

 

 

Comentários