fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Ponto de Inclusão Digital da Justiça é lançado na Cidade do Povo no Acre

Publicado

em

O PIDJus é uma Iniciativa do Poder Judiciário do Acre em parceria com TRT-14, MPAC, DPE, TRE, e apoio do Executivo Estadual.

Os serviços do Sistema de Justiça mais perto do cidadão. É com essa premissa, que o Tribunal de Justiça do Acre, junto com o Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Regional (RO/AC), o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE-AC), e o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), instala o Ponto de Inclusão Digital da Justiça (PIDJus), no conjunto habitacional Cidade do Povo. Na ocasião também foi reinstalada a Casa da Justiça e Cidadania no mesmo local.

A juíza do Trabalho Daniele Adriana Stanislowski, representando o TRT-14, destacou a importância da iniciativa, já que as pessoas que moram na Cidade do Povo ficam mais distantes da maioria dos serviços públicos: “estar mais perto da população é uma comunhão em que o Judiciário está mais presente, a Defensoria está presente, o Ministério Público está presente e com o governo alcançamos a comunidade garantindo direitos e promovendo a equidade”, pontuou a magistrada.

O novo serviço, o PIDJus, vai funcionar na Escola de Gastronomia, bem como na Casa da Justiça e Cidadania. Ambos foram lançados na manhã desta sexta-feira, 21. A iniciativa também tem o apoio do Executivo Estadual, por meio da Secretaria de Estado de Educação, OCA e do Instituto de Desenvolvimento da Educação Profissional Dom Moacyr Grechi (Ipetec).

O principal objetivo do Ponto de Inclusão Digital da Justiça é maximizar o acesso à justiça por meio da utilização de recursos tecnológicos. Com a implantação do PIDJus, será possível disponibilizar serviços que já são oferecidos de forma digital, mas que, devido ao baixo conhecimento em informática por parte de algumas pessoas, acabam sendo pouco acessados.

PIDJus

A iniciativa representa um avanço significativo para a Justiça acreana no que diz respeito à inclusão digital e ao acesso à informação. Espera-se que o PIDJus seja um facilitador para aqueles que, por diferentes motivos, encontram dificuldades em utilizar os recursos digitais disponíveis.

Com a implantação desse primeiro ponto de inclusão digital, a expectativa é de que outras regiões do estado também sejam contempladas com iniciativas semelhantes, inclusive, uma base do Centro de Justiça e Cidadania (CEJUC), em Porto Walter, município onde já funciona com um próprio servidor da localidade.

No caso de Rio Branco, o primeiro PIDJus funcionará com atendentes da própria comunidade, que estão sendo treinados para acessar os serviços e facilitar o atendimento do cidadão.

Casa da Justiça e Cidadania

Inaugurada em 2019, a Casa de Justiça e Cidadania foi criada para que a comunidade pudesse procurar o seu acesso à justiça com todo o atendimento conferido em um juizado, porém, em 2020, devido a pandemia da COVID-19 e a violência no local, a unidade teve suas portas fechadas.

Com o retorno dos atendimentos, a comunidade da região terá novamente o atendimento da justiça mais próximo.

Comentários

Acre

Moto incendeia em via pública de Epitaciolândia

Publicado

em

Na tarde deste domingo, dia 25, uma cena inusitada chamou atenção dos moradores de Epitaciolândia, quando uma moto que circulava na parte alta da cidade repentinamente pegou fogo, causando um incêndio em plena via pública. O incidente ocorreu nas imediações da rodoviária local, chamando a atenção de transeuntes e comerciantes da região.

Testemunhas relatam que terceiros correram para ajudar, utilizando extintores para conter as chamas que consumiam o veículo. Apesar do susto e do prejuízo material, não houve registro de feridos. O condutor ou condutora da motocicleta ainda não foi identificado(a), e a causa do incêndio permanece desconhecida.

Não foi informado se autoridades locais de trânsito foram acionadas sobre o ocorrido para determinar as circunstâncias que levaram ao incêndio repentino da moto.

Veja vídeo abaixo:

Comentários

Continue lendo

Acre

Autor identificado e preso: Tentativa de homicídio a tiros na fronteira foi passional

Publicado

em

Na última quarta-feira (21), a polícia civil conseguiu identificar e prender o autor de uma tentativa de homicídio registrado na parte alta da cidade. O crime, ocorrido no trevo de saída para Assis Brasil, teve como motivação um drama passional envolvendo membros de uma facção criminosa atuante na região fronteiriça.

Segundo as investigações, a vítima, identificada como A.G.F.S., de 25 anos, mantinha um histórico amoroso com a atual esposa do autor do crime. Esse relacionamento anterior teria sido o estopim para o ataque que resultou em quatro tiros disparados contra o jovem.

O incidente, que ocorreu no último dia 5 de fevereiro, foi descrito por testemunhas como uma ação rápida e calculada, executada por dois indivíduos que estavam em uma moto, armados com pistolas 9mm. A vítima foi atingida em regiões vitais, incluindo tórax, abdômen e pernas, resultando em ferimentos graves que colocaram sua vida em risco imediato.

Prontamente socorrido por terceiros, o jovem foi levado às pressas para o hospital local, onde recebeu os primeiros cuidados médicos. No entanto, dada a gravidade de seu estado, foi necessário transferi-lo para a capital em busca de tratamento especializado.

A prisão do autor é um passo significativo para a Polícia Civil, mas certamente não encerra as investigações.

Matéria relacionada:

Domingo violento: Duas tentativas de homicídio são registradas no município de Brasiléia

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura recebe doação de cestas básicas e agua do Governo do Estado

Publicado

em

A prefeitura de Epitaciolândia por meio da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (Semcias), recebeu na manhã deste domingo, 25, a doação de 98 cestas básicas e 100 galões de água de 5 litros para as famílias atingidas pelas cheias do Rio Acre. Feita pelo Governo do Estado do Acre.

Segundo a Secretaria de Cidadania e Assistência social Eliade Maria, toda doação nessa hora é muito bem-vinda.

“Hoje recebemos essa doação do Governo do Estado e aproveitamos a oportunidade para pedir a todos que tem condições de doar que façam, pois tem muita gente precisando, parte dessas cestas serão direcionadas para as pessoas que moram na zona rural, com as cheias muitos pedem tudo inclusive suas plantações. ” Destacou.

A secretária informou ainda, que as cestas serão destinadas apenas para as famílias atingidas pelas cheias, as mesmas passarão por uma rigorosa triagem através de cadastro e checagem de endereço para garantir que as doações cheguem as pessoas necessitadas.

 

 

Comentários

Continue lendo






Em alta