Conecte-se conosco





Brasil

Polícia identifica mais duas pessoas que participaram do tiroteio que matou delegado em Porto Velho

Vítima foi atingida por quatro disparos; caso aconteceu na noite do último sábado (24). Homem que trocou tiros com o delegado foi socorrido a uma unidade de saúde, mas também morreu.

Publicado

em

Delegado Valney Calixto foi morto após troca de tiros em casa de eventos de RO – Foto: Facebook/Reprodução

Por Jaíne Quele Cruz

O delegado José Valney Calixto de Oliveira foi morto com pelo menos quatro tiros, que atingiram a cabeça e o pescoço, segundo informou a Polícia Civil neste domingo (25). A vítima foi morta durante uma briga em uma casa de eventos, localizada na Estrada dos Periquitos, Zona Leste de Porto Velho, na noite do último sábado (24).

A polícia acredita que os disparos foram efetuados por armas de calibres diferentes, no entanto, a perícia ainda precisa confirmar a informação. Uma arma calibre 38, possivelmente utilizada no crime, foi apreendida na residência de um dos suspeitos. A arma utilizada pelo delegado não foi localizada.

Um homem identificado como Rafael Simão, de 37 anos, gerente de um posto de combustíveis, teria trocado tiros com o delegado e também foi baleado. Ele chegou a ser socorrido a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ainda conforme a assessoria da Polícia Civil, um dos suspeitos de participar do crime foi preso e um não foi localizado.

Não foi informado o que teria causado a confusão. A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) segue investigando o caso.

José Valney deixa dois filhos, sendo uma jovem de 18 anos e um menino de 4 anos. O velório e sepultamento do delegado José Valney aconteceu neste domingo (25) em Porto Velho. O cortejo está previsto para iniciar às 15h, saindo da Central de Polícia.

O crime

O diretor explicou que pelo que ficou apurado, um grupo de amigos, estava reunido na chácara. O delegado foi até o local a convite de um amigo policial. Em determinado momento, Rafael Simão teria supostamente jogado gelo contra o delegado, o que deu início a confusão.

A briga foi contornada, Valney Calixto foi retirado do local por amigos, mas minutos depois ele retornou sozinho e teria dado início ao tiroteio, que terminou com a morte do delegado José Valney Calixto de Oliveira, e Rafael Simão da Silva, 37 anos. Essas informações, no entanto, ainda não podem ser confirmadas, de acordo com o que destacou o delegado Júlio César Árabe.

De acordo com Júlio César Árabe, foram encontradas no corpo do delegado, projeteis de armas de diferentes calibres. Há suspeitas ainda que ele tenha sido espancado.

Ainda segundo o diretor, um homem, identificado como Édipo T.P, 33 anos, foi preso, após ser flagrado com uma das armas que pode ter sido usada no crime.

Quase 20 anos de Civil

O delegado Valney Calixto de Oliveira fazia parte da Polícia Civil há 19 anos e atualmente estava lotado no Departamento de Flagrantes da Capital (Deflag).

Delegado Valney Calixto morre após troca de tiros em Porto Velho – Foto: Facebook/Reprodução

O diretor geral da Polícia Civil de Rondônia, Samir Fouad Abboud, divulgou nota de pesar lamentando a morte do delegado Valney Calixto.

“A Delegacia Geral se solidariza com seus familiares e amigos neste momento de muita tristeza e pesar”, diz o comunicado.

Comentários

Em alta