“Difícil dormir quando uma adolescente foi assassinada e decapitada e que teve a cabeça jogada na porta da casa da mãe”.

Por Edmilson Ferreira

O reitor da Diocese de Rio Branco, o padre Massimo Lombardi, decidiu se manifestou acerca da tragédia da adolescente Larissa, que foi morta e decapitada supostamente pelo próprio namorado.

Para o padre, o caso serve de alerta às famílias. “Difícil dormir quando uma adolescente foi assassinada e decapitada e que teve a cabeça jogada na porta da casa da mãe. É um alerta para tantos pais que deixam suas filhas se juntarem com qualquer um desconhecido”, disse o padre.

E completou: “É um alerta para tantos adolescentes, que se revoltam contra os pais que questionam seus namoros livres e avançados. Senhor, piedade de nós!”.

Comentários