Homem de 61 anos que viajou a trabalho para a Itália poderá ser primeiro caso confirmado no Brasil; teste foi para contraprova

Paciente esteve na Lombardia, uma das regiões mais afetadas da Europa, no norte da Itáia
iG

Um morador de São Paulo de 61 anos que esteve recentemente na região da Lombardia (Itália) foi testado como positivo para o coronavírus no Hospital Albert Einstein. Com supervisão das secretarias de saúde do estado e município, o caso será encaminhado ao Instituto Adolfo Lutz para contraprova.

LEIA MAIS: Áustria, Suíça, Espanha e Croácia confirmam casos de coronavírus

O homem esteve no norte da Itália , um dos centros da doença em solo europeu, entre os dias 9 e 21 de fevereiro, sozinho e à trabalho. De acordo com os médicos, ele chegou ao Brasil apresentando sinais claros da doença originada na China.

O Ministério da Saúde divulgou uma nota, informando que coletou amostras e realizou testes para vírus respiratórios comuns, conforme orientado pela Organização Mundial da Saúde. Com os resultados preliminares confirmados para o Covid-19, será necessária outra avaliação do Instituto Adolfo Lutz.

Paciente está bem

A nota do Ministério da Saúde também informa que o paciente está bem e com sinais brandos, apesar da tosse seca, dor na garganta e coriza (sintomas compatíveis com o Covid-19). Ele foi orientado com as precauções necessárias. A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo já está em contato com domicílio, hospital e a companhia aérea, com apoio da Anvisa, para buscar outros eventuais casos.

Comentários