sinhasique

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta terça-feira (6), para criticar a falta de organização do SUS para atender a demanda e dar agilidade no resultado dos exames, em pleno Outubro Rosa.

O objetivo da campanha é alertar a população feminina para a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. “Não sei porque fazem uma campanha de incentivo para fazer a mamografia, se o serviço público não oferece as condições para que as mulheres realizem esse tão importante exame”, declarou.

Sinhasique diz que o resultado do exame, que na rede privada sai em 2 dias, na rede pública chega a demorar 6 meses. Inclusive, uma funcionária da Casa Legislativa a abordou para falar que está há 75 dias esperando pelo resultado do exame.

A peemedebista acredita que, com isso, o Estado descumpre a Lei 11664 que garante mamografia às mulheres a partir de 40 anos pelo SUS. “Esse atendimento preventivo deveria ser realizado com eficiência, com eficácia, mas não é. No papel, a Lei é linda. Mas na prática, as mulheres não conseguem fazer a sua prevenção”.

Comentários