Por Redação Folha do Acre

O Ministério Público do Acre (MPE), por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor, representada pela promotora de Justiça Alessandra Marques, resolveu abrir procedimento nesta terça-feira (1) pra investigar a suposta comercialização fraudulenta de consórcios e financiamentos no acre.

De acordo com o MPE, os clientes da empresa Master Acre Multimarcas Consórcios não estariam recebendo os produtos que foram contratados.

“Chegou ao conhecimento do Ministério Público notícia de que a empresa Master Acre Multimarcas Consórcios, Multibens Investimentos & Negócios – Eireli, inscrita no CNPJ n.º 30.079.570/0001-80, estaria comercializando de maneira fraudulenta consórcios e financiamentos para aquisição de bens e serviços, sem que, ao final, o consumidor receba aquilo que foi contratado, de modo que, se comprovado, tal prática, além de civilmente ilícita, é caracterizada como crime contra a economia popular”, diz trecho do documento do MPE.

__________________

O documento diz ainda que o MPE já teve acesso a documentos com denúncias sobre o fato investigado.

__________________

A promotora Alessandra Marques pede também “que seja expedido ofício ao Banco Central do Brasil, para que tome conhecimento do fato e informe se a empresa investigada possui ou não autorização para a comercialização de consórcios e financiamentos”.

Comentários