fbpx
Conecte-se conosco

Flash

Incêndio destrói casa em Xapuri e deixa família apenas com a roupa do corpo

Publicado

em

Por Raimari Cardoso

Um incêndio registrado na rua Guilherme Ferreira, bairro Raimundo Hermínio de Melo, em Xapuri, na noite desta sexta-feira, 28, destruiu parcialmente uma residência, deixando a família do músico Tiago Ferreira de Amorim, de 39 anos, apenas com a roupa do corpo, segundo relato dele mesmo.

Tiago diz que o fogo começo pelo seu quarto, que foi completamente destruído pelas chamas. Ali, ele diz que estava quase todos os pertences do casal e da filha, de apenas 4 anos, assim como todo o seu material de trabalho. Ele acredita que o fogo se originou de um curto-circuito na rede externa de energia.

O cabo Adelson, do 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Xapuri, informou à reportagem que durante o combate ao incêndio foi percebido que um fio da rede elétrica “pipocava” a cerca de três metros da residência em chamas. No entanto, ele afirmou que esse fato não é determinante para apontar a origem do fogo.

O músico afirmou ao ac24horas que teria sido informado pelo Corpo de Bombeiros de que a perícia só seria realizada pela corporação caso a casa tivesse seguro. Ele disse ainda que foi orientado a fazer o pedido de perícia por meio da Polícia Civil, medida que, segundo ele, já foi tomada.

Consultada a respeito da informação, a comandante do Corpo de Bombeiros em Xapuri, tenente Marcela Sopchaki, afirmou que quando o consumidor paga a conta de energia para uma empresa privada é como se indiretamente pagasse seguro, pois existe a obrigação de se fornecer o serviço de forma segura para o usuário.

“Energia é algo perigoso que se passar de forma inadequada pode matar. Enfim, pelo que recebi, eles solicitaram, pois entendem que foi algo suspeito da parte elétrica. Eu repassei a demanda para os meus superiores e estou aguardando as instruções de como proceder neste caso em específico”, completou.

Parentes e amigos do casal Tiago e Ana Paula iniciaram, de imediato, uma campanha via internet para ajudar a família a reconstruir o seu lar e a obter itens essenciais para o momento difícil que atravessam. Os dados para quem tiver o interesse de ajudar com alguma doação seguem na imagem abaixo.

Comentários

Continue lendo

Flash

Programa Opera Acre avança na saúde realizando 64 cirurgias em mutirão no Alto Acre

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), reafirma seu compromisso em atender às necessidades dos pacientes e aprimorar os serviços médicos em todo o estado. Uma das iniciativas mais destacadas é o programa Opera Acre, um esforço contínuo para reduzir o tempo de espera e diminuir as filas reprimidas na área da saúde.

Programa Opera Acre beneficiou pacientes na sexta, 24, e sábado, 25, no Hospital Regional de Brasileia. Foto: cedida

O programa marcou  presença na sexta, 24, e sábado, 25, no Hospital Regional de Brasileia, beneficiando 64 pacientes com procedimentos de cirurgia-geral e, pela primeira vez, vasectomias. A ação proporcionou atendimento médico oportuno e de qualidade aos cidadãos.

Procedimentos de vasectomia consolidam serviço de planejamento familiar na Regional do Alto Acre. Foto: cedida

O coordenador da Regional de Saúde do Alto Acre, Pablo Araújo, destacou a importância do novo serviço: “Nesta edição, iniciamos os procedimentos de vasectomia, consolidando o serviço de planejamento familiar na Regional do Alto Acre. Estamos felizes em anunciar que a demanda está controlada. Pacientes que aguardam por cirurgias de hérnia, vesícula, laqueadura e vasectomia devem procurar a regulação dos municípios, para agendamento das consultas de avaliação pré-operatória. Com as filas controladas, as cirurgias estão sendo realizadas regularmente duas vezes por mês, tornando o serviço mais ágil e eficiente”.

Pacientes da Regional Alto Acre aguardam procedimentos cirúrgicos no Hospital Regional de Brasileia. Foto: cedida

Simultaneamente, outros mutirões são efetuados em diversas localidades do estado. Em Senador Guiomard, estão sendo realizadas cirurgias ginecológicas; na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), em Rio Branco, pacientes estão sendo atendidos na área de mastologia pelo Centro de Controle de Oncologia (Cecon); e, em Cruzeiro do Sul, pacientes estão recebendo cirurgias ginecológicas, somando mais dez procedimentos cirúrgicos.

Paciente Erasmo Parente (à direita) aguarda cirurgia no Hospital Ary Rodrigues, em Senador Guiomard. Foto: cedida

Erasmo Parente, domiciliado em Rio Branco, realizou o procedimento de hidrocele (acúmulo anormal de fluido em torno do testículo, levando ao aumento do tamanho do escroto) na manhã deste domingo, no Hospital Ary Rodrigues, em Senador Guiomard. “É uma cirurgia muito importante porque, no meu caso, vai levantar minha autoestima, pois isso me causava vergonha. Fiz os exames e já estou aqui para fazer o procedimento. Agradeço a Deus e a toda equipe por poder fazer a cirurgia”, disse.

Esse programa de cirurgias tem desempenhado um papel crucial no avanço da saúde do estado, atuando com foco em cirurgias eletivas em diversas especialidades médicas, como ginecologia, proctologia, cirurgias-gerais, de cabeça e pescoço e cardiológicas, entre outras.

Shirley Nascimento é chefe da Regulação de Cirurgias da Sesacre. Foto: Odair Leal/Sesacre

“Estamos empenhados em reduzir as filas de espera e proporcionar um atendimento mais humanizado e eficiente para todos os acreanos”, destacou Shirley Nascimento, chefe de Regulação de Cirurgias da Sesacre.

Dados do Ministério da Saúde mostram que o Acre possui a maior taxa de expansão de cirurgias eletivas entre todas as unidades da federação, destacando a eficácia e o impacto positivo do programa na vida dos cidadãos.

Comentários

Continue lendo

Flash

Ex-policial de Pando é condenado a 28 anos de cadeia por estupro de adolescente de 13 anos

Publicado

em

O Tribunal de Sentença da Capital de Pando condenou a 28 anos de prisão, o ex-policial Delider M.C., pelo crime de estupro cometido contra uma adolescente de 13 anos. Na época, Policiais da FELCV não atenderam a denúncia contra o seu camarada, por isso a vítima foi ao Ministério Público.

O promotor de Pando, Marcos Arce Gandarias, informou que, em audiência de julgamento oral, o Ministério Público demonstrou que Delider M.C., de 23 anos, é o autor do crime de estupro da adolescente, fato ocorrido em setembro de 2023 na cidade de Cobija, a sentença de 28 anos de prisão deve cumprir no presídio de Villa Busch.

“Várias foram as provas apresentadas pelo Ministério Público durante o julgamento, entre elas o atestado médico legal que corrobora que houve agressão sexual contra a vítima; entrevista psicológica feita à afetada, declarações testemunhas, além disso, neste caso foi comprovado que o sujeito era policial do efetivo e vivia como inquilino na casa da mãe da menor”, afirmou Arce.

A procuradora que levou adiante o caso, Patricia Tania Romero, relatou que os fatos foi denunciado em setembro de 2023, pela mãe e tia da vítima nas instalações do Ministério Público, porque a filha de 13 anos lhe revelou que foi abusada sexualmente três vezes pelo inquilino Delider M.C.

Também tem como antecedente, familiares da vítima se apresentaram na Força Especial de Combate à Violência (Felcv) para apresentar a denúncia contra um funcionário da polícia, que então fazia parte desta unidade. Surpreendentemente, seus camaradas não quiseram receber a denúncia, por isso eles vêm ao Ministério Público.

A mãe da adolescente fez a denúncia no Ministério Público contra seu inquilino, Delider, de 23 anos, pelo crime de estupro. Em meio ao choro, sua filha revelou que desde agosto (2023) é vítima de agressão sexual, posteriormente foi ameaçada para não contar o que aconteceu.

Com Perla del Acre

Comentários

Continue lendo

Flash

Homem é ferido a tiros ao sair da casa da namorada no Segundo Distrito de Rio Branco; amigo dele consegue fugir

Publicado

em

Jovem de 20 anos é vítima de tentativa de homicídio por disparo de arma de fogo no bairro Taquari. Polícia Militar e Samu prestaram atendimento no local; investigação segue com a Polícia Civil

Na noite deste sábado, 25 de maio, o jovem Pedro Henrique Lima Alves, de 20 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio na rua do Passeio, bairro Taquari, na região do Segundo Distrito de Rio Branco. O incidente ocorreu enquanto Pedro saía da casa da namorada, acompanhado de seu amigo, identificado como Deivid.

Dinâmica do Crime

De acordo com informações fornecidas pela polícia, Pedro e Deivid caminhavam em direção à residência de Pedro quando foram surpreendidos por dois criminosos em uma motocicleta. O garupa, armado, efetuou vários disparos contra os jovens. Pedro foi atingido na cervical, com a bala entrando pela nuca e saindo pela escápula, e caiu na rua. Deivid conseguiu correr e se livrar dos tiros, escapando ileso.

Atendimento e Estado de Saúde

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi rapidamente acionado, enviando duas ambulâncias, uma de suporte básico e outra de suporte avançado, para o local. Os paramédicos prestaram os primeiros socorros a Pedro, estabilizando-o antes de transportá-lo ao pronto-socorro de Rio Branco. Conforme informações de uma médica do Samu, Pedro deu entrada no hospital lúcido, orientado e com os movimentos do corpo preservados. Seu estado de saúde é considerado estável.

Ação Policial e Investigações

Policiais militares do 2° Batalhão estiveram no local, coletaram informações sobre o crime e iniciaram patrulhamento na região para tentar localizar os autores do atentado, mas os criminosos não foram encontrados. A investigação do caso começou com os agentes da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Polícia Civil e será posteriormente conduzida pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

A polícia continua as investigações para identificar os responsáveis pelo ataque e entender as motivações por trás do crime.

Comentários

Continue lendo