O cumprimento de mandado de prisão contra o ex-presidiário Francisco Horácio Taumaturgo Moura, de 32 anos, teve fim trágico nas primeiras horas deste sábado, na zona rural do município de Santa Rosa do Purus, fronteira com o Peru. Após desobedecer a ordem policial, o acusado atirou contra policiais na tentativa de fugir, mas acabou sendo imobilizado com um tiro na altura do ombro.

De acordo com a polícia, Horácio era procurado por determinação judicial e na manhã de hoje, foi localizado em uma chácara. Após cercar a casa, os policiais anunciaram a prisão do mesmo. Entretanto, ele tentou fugir saindo pela porta de trás.

Ao avistar os policiais, abriu fogo efetuando três disparos de revólver contra os operadores da segurança, que conseguiram se abrigar e não foram atingidos. Para revidar a injusta agressão, policiais também efetuaram disparos, sendo que a vítima foi alvejada na altura do ombro e, em seguida, imobilizada e socorrida à unidade de saúde.

De acordo com as informações, Horácio ainda chegou a ser levado até o Samu aéreo para ser transferido para Rio Branco, mas não resistiu ao ferimento e faleceu. A informação foi confirmada pela polícia militar que participou da ação juntamente com a polícia civil e homens do exército e polícia federal de Santa Rosa do Purus.

Comentários