Criminosos fingem serem advogados para tentar receber valores de processos judiciais.O Tribunal orienta a população local que rejeite a ligação e comunique a polícia

As vítimas são abordadas via telefone e recebem o pedido de transferência bancária de valores para pagamento de supostas taxas de tributos em cartório

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) confirmou nesta quinta-feira, 30, que um novo golpe está sendo aplicado usando o nome da instituição. Criminosos fingem serem advogados para tentar receber valores de processos judiciais.

Para isso, telefones são clonados e utilizados por uma organização criminosa para enviar documento falso, com timbre do Estado do Acre e cabeçalho do Tribunal de Justiça do Acre/Corregedoria-Geral da Justiça.

De acordo com o Poder Judiciário, além de enviar falso documento, são enviados também áudios em que os criminosos se identificam como supostos advogados, e, assim, enganar jurisdicionados que possuem valores a receber em processos judiciais.

As vítimas são abordadas via telefone e recebem o pedido de transferência bancária de valores para pagamento de supostas taxas de tributos em cartório, alegando que se a transferência não for realizada os valores a receber não serão pagos.

A Corregedoria-Geral da Justiça (Coger) já tomou conhecimento do golpe e abriu inquérito policial. O Tribunal orienta a população local que rejeite a ligação e comunique a polícia, caso receba esse tipo de contato, até porque o tribunal não realiza esse tipo de procedimento.

Comentários