Conecte-se conosco





Acre

Em pouco mais de um mês, canal ‘PM-AC-190’ em aplicativo recebe mais de 300 registros

Publicado

em

Ferramenta é utilizada como reforço ao 190 foi lançada no final do mês de maio deste ano. Dados são da Segurança Pública do Acre

Em pouco mais de um mês, canal 'PM-AC-190' em aplicativo recebe mais de 300 registros — Foto: Tácita Muniz/G1

Em pouco mais de um mês, canal ‘PM-AC-190’ em aplicativo recebe mais de 300 registros — Foto: Tácita Muniz/G1

Após pouco mais de um mês em funcionamento, o canal da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp) no aplicativo Telegram recebeu mais de 300 ocorrências. O canal é um ferramenta para ajudar a população a fazer denúncias por meio do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

A ferramenta foi disponibilizada no mês de maio deste ano, para que fosse utilizada como reforço ao 190. Os dados foram divulgados pela Sejusp e contabilizava 306 atendimentos até o dia 8 de julho.

Objetivo é levar acesso aos locais do estado onde não há telefonia, mas há rede de internet, informou o coordenador do CICC, tenente-coronel Michel Casagrande. Além disso, ainda permite que um denunciante envie fotos, vídeos e a localização da ocorrência o que pode facilitar o trabalho da polícia.

“Como se trata de uma nova forma de acionar o serviço emergencial, é uma novidade, para chegar a todo mundo e as pessoas entenderem leva um tempo. Embora a gente saiba que com a modernização das comunicações, as ligações ficam cada vez mais em segundo plano, dando lugar a aplicativos. Então, é muito importante porque em algumas localidades, principalmente rurais, nós temos famílias que têm internet, mas não têm rede telefônica. Esse pessoal antes não tinha como acionar a polícia”, disse.

Para ter acesso, basta abrir o Telegram, procurar no buscador por PM-AC-190 e aparece o serviço. É necessário apenas que o usuário diga um ‘oi’, e aparecem opções como o atendimento emergencial, por exemplo, e o usuário informa a cidade e é encaminhado para um atendente que vai colher as informações e acionar uma guarnição.

O coordenador afirma que como se trata de uma ferramenta nova, o número de ocorrências ainda é baixo, se comparado aos números atendidos pelo telefone.

“Ela está disponível para os 22 municípios do estado que podem fazer uso em qualquer lugar do estado. Lembrando que toda comunicação é gravada no nosso servidor, tudo é auditado. E tem outra característica que permite bem mais recursos que a comunicação tradicional”, conclui.

Por Alcinete Gadelha, G1 AC — Rio Branco

Comentários

Em alta