Senador Marcio Bittar lembrou que os recursos, no total de R$ 61 milhões, foram destinados pela bancada anterior

O diretor de Planejamento e Pesquisa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Guilherme Rodrigues de Mello, assinou nesta segunda-feira (23), decreto acatando o anteprojeto de engenharia para implantação do Contorno Rodoviário de Brasileia e a construção da ponte sobre o Rio Acre, na divisa com Epitaciolândia. A assinatura garante ainda a recuperação de um trecho de aproximadamente 10 quilômetros da BR-317, até a entrada da AC-495, já no município de Assis Brasil.

“São recursos que somam R$ 61 milhões, fruto da destinação das emendas da bancada anterior e da obstinação dos parlamentares eleitos pelo Acre para a atual legislatura”, disse o senador Marcio Bittar (MDB-AC).

Desde fevereiro deste ano, o governo Gladson Cameli, com apoio dos parlamentares federais em Brasília, tenta acessar os recursos destinados à execução do contorno rodoviário e do trecho da BR na região de Assis Brasil.

Há cerca de dois meses, o secretário de Infraestrutura do estado, Thiago Caetano, esteve novamente em Brasília onde, na companhia de Bittar, conseguiu participar de uma audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes.

“A aceitação do anteprojeto de engenharia dessas obras, apresentado pelo governo do Acre, foi o coroamento do empenho de muita gente: dos parlamentares federais da legislatura anterior e dos atuais, que se esforçaram bastante para que o decreto desta segunda-feira fosse assinado e publicado”, afirmou Marcio Bittar.

Para ele, não poderia haver melhor momento para a injeção de mais R$ 61 milhões na economia local.

“Estamos atravessando uma nova fase no país e o Acre também quer fazer parte desse momento de recuperação da economia, dos empregos e da autoestima”, concluiu o senador.

Comentários