fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Delegada deve pedir prorrogação da prisão preventiva de sargento Nery

Publicado

em

A Polícia Civil do município de Epitaciolândia continua trabalhando no desenrolar do inquérito que investiga a tentativa de homicídio praticada pelo sargento da Polícia Militar do Acre, Erisson de Melo Nery, de 39 anos, contra o estudante de medicina Flávio Endres de Jesus Ferreira, de 30 anos, na madrugada do último dia 28 de novembro em um bar da cidade.

De acordo com a delegada de Brasiléia, Carla Ivane de Britto, à frente do caso em razão de o delegado titular de Epitaciolândia, Luís Tonini, estar de férias, ela pode pedir a prorrogação do prazo para a conclusão do procedimento policial, assim como da prisão preventiva de Nery, que caso ocorra será analisado pelo Ministério Público e pelo Poder Judiciário.

A delegada também informou que os resultados dos exames realizados pela vítima, que foi atingida por pelo menos quatro tiros disparados pelo militar, ainda estão sendo aguardados. Outro passo importante é o depoimento do estudante, que ainda se encontra hospitalizado no Pronto Socorro de Rio Branco, após passar por cirurgias.

“Estamos aguardando os resultados dos exames da vítima e há a necessidade da sua oitiva. Continuamos ouvindo testemunhas e finalizando o relatório das imagens. No que for pertinente, estamos reinquirindo pessoas e solicitaremos, nos termos da legislação vigente, a prorrogação de prazo para conclusão do inquérito policial”, explicou a delegada.

Prisão preventiva

O sargento Erisson Nery está preso preventivamente no Comando Geral da Polícia Militar, em Rio Branco. Ao acatar a sua prisão preventiva, o juiz Clóvis Lodi afirmou que em liberdade ele poderia prejudicar gravemente a instrução processual, haja vista a conduta adotada pelo indiciado em desaparecer com a arma do crime, que possui procedência suspeita.

Quando manteve a prisão preventiva do militar em audiência de custódia, o magistrado se contrapôs a uma argumentação de que, em caso de condenação, o regime inicial de cumprimento da pena deveria ser diferente do fechado. Para o juiz, a eventual tentativa de homicídio com mais de uma qualificadora é passível de uma pena inicial em regime fechado.

“Quanto à argumentação de que em caso de eventual condenação o regime inicial de cumprimento de pena será diverso do fechado, tenho que não deva ser acolhida como verdade irrefutável, visto a narrativa de eventual tentativa de homicídio com mais de uma qualificadora, o que podem impor sim a pena em regime inicial fechado”, diz um trecho da decisão.

O juiz também determinou que a conduta da também sargento da PM Alda Radine, esposa de Erisson Nery, fosse analisada pela autoridade policial, pois ela, na condição de policial militar, tinha a obrigação legal de prendê-lo em flagrante delito e apresentá-lo, junto com a arma do crime, ao seu superior hierárquico, ao invés de ajudá-lo a fugir do local.

Suposta importunação sexual

Alda Radine alega que foi vítima de importunação sexual e agressão física por parte do estudante. Esse teria sido, segundo ela e o marido, o motivo que originou a confusão que resultou nos tiros que foram disparados contra o estudante. Em uma análise inicial das imagens de câmeras do bar, a delegada Carla Ivane afirmou que não tinha sido possível comprovar essa versão.

Comentários

Continue lendo

Acre

Ufac retoma aulas nesta segunda (15) e redefine calendário acadêmico para o ano letivo de 2024

Publicado

em

O período de matrículas curriculares para alunos ingressantes ocorrerá de 11 a 14 de julho. Já os ajustes de matrículas para ingressantes e veteranos poderão ser feitos entre 16 e 19 de julho.

A pró-reitora atuou juntamente com o Núcleo de Registro e Controle Acadêmico (Nurca) para assegurar que todas as atividades acadêmicas previstas sejam cumpridas.

Com assessoria

As aulas dos cursos de graduação da Ufac são retomadas nesta próxima segunda-feira, 15, conforme decisão do Conselho Universitário (Consu) em reunião realizada na última terça-feira, 9. A reprogramação do calendário acadêmico da Ufac   foi necessária após o fim da greve dos docentes.

A pró-reitora de Graduação, Ednaceli Damasceno, explicou que essa reprogramação foi feita a partir de algumas diretrizes em comum acordo com os princípios encaminhados pela Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre (Adufac), entre eles o retorno das atividades acadêmicas da graduação com o cumprimento integral dos dias letivos e carga horária, mantendo os semestres com 108 dias letivos.

A pró-reitora atuou juntamente com o Núcleo de Registro e Controle Acadêmico (Nurca) para assegurar que todas as atividades acadêmicas previstas sejam cumpridas.

“A reposição dos dias em que as atividades foram suspensas, em razão da greve, será integral e presencial, sem atividades extraclasse, com flexibilização de anotação de frequência na primeira semana de aula e sem avaliações nos dias subsequentes ao retorno do semestre 2024.1”, disse Ednaceli.

Matrículas

Os alunos ingressantes terão um período adicional de oito dias letivos em comparação aos veteranos, pois os primeiros períodos não iniciaram as aulas junto com os veteranos. O período de matrículas curriculares para alunos ingressantes ocorrerá de 11 a 14 de julho. Já os ajustes de matrículas para ingressantes e veteranos poderão ser feitos entre 16 e 19 de julho.

A pró-reitora de Graduação destacou a importância de uma diretriz específica para que o retorno das aulas seja tranquilo e com possibilidade de revisar os conteúdos. “Nossa intenção é garantir a qualidade de aprendizagem aos nossos estudantes.” Ela também mencionou a importância da manutenção dos semestres integrais, com férias coletivas docentes ocorrendo apenas ao fim do semestre letivo 2024.2. “Essa foi uma conquista liderada pelos estudantes e apoiada por nossa gestão, pois entendemos que a interrupção das aulas no semestre não é uma prática pedagógica favorável ao processo de aprendizagem”, concluiu.

Encerramento das aulas

O semestre letivo 2024.1 será concluído no dia 12 de novembro, garantindo o cumprimento dos 108 dias letivos necessários. Para os ingressantes, o período contará com 116 dias, devido ao período adicional, terminando dia 23 de novembro.

https://www.ufac.br/site/noticias/2024/ufac-retoma-aulas-em-15-07-apos-redefinicao-do-calendario-academico/CalendrioAcadmicoReprogramao2024.pdf

Comentários

Continue lendo

Acre

Em todo estado, PF já deflagrou mais de 10 operações contra abuso e pornografia infantil em 2024

Publicado

em

Levantamento feito pela Polícia Federal, mostra que, pelo menos, 14 operações contra estes tipos de crimes já foram deflagradas em 2024. Em Rio Branco, 11 operações foram feitas pela PF e as outras três foram no município de Epitaciolândia.

Levantamento da PF, apenas em quatro meses de 2024, foram deflagradas oito operações relacionadas ao abuso sexual infanto-juvenil no Acre, que representa mais que o dobro das operações deflagradas em 2023

Os crimes de estupro de vulnerável, estupro e armazenamento de conteúdo de pornografia infantojuvenil têm sido alvos de diversas operações da Polícia Federal no estado do Acre.

No último dia 21 de junho, a Polícia Federal deflagrou a Operação Aquila II em Epitaciolândia. A ação resultou na execução de um mandado de busca e apreensão, com o objetivo de combater crimes de compartilhamento de material contendo abuso sexual infantojuvenil. Durante a operação, uma pessoa foi presa em flagrante.

Em menos de 24 horas, no começo de julho de 2024, duas operações foram deflagradas no estado, sendo a Operação Praesidium em Rio Branco e outra foi a Operação Aquila III, que resultou na prisão em flagrante de um homem boliviano em Epitaciolândia, pelos crimes de compartilhamento e armazenamento de material contendo imagens de abuso sexual infantojuvenil.

Um levantamento feito pela Polícia Federal, mostra que, pelo menos, 14 operações contra estes tipos de crimes já foram deflagradas em 2024. Em Rio Branco, 11 operações foram feitas pela PF e as outras três foram no município de Epitaciolândia.

Os números são apenas do primeiro semestre de 2024. Até maio, de acordo com outro levantamento da PF, apenas em quatro meses de 2024, foram deflagradas oito operações relacionadas ao abuso sexual infanto-juvenil no Acre, que representa mais que o dobro das operações deflagradas em 2023, que foram apenas três. Dos mandados judiciais cumpridos até maio de 2024, três pessoas foram presas em flagrante, segundo o delegado da Polícia Federal, Kennedy Barbosa.

Relembre algumas operações de 2024

Em 30 de janeiro, a Operação Alcateia foi deflagrada pela PF, com objetivo de combater o armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil. Nesta operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Rio Branco.

Em 13 de março, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, a PF deflagrou as operações Maverick e S.O.S Kids, com objetivo de reprimir a posse, compartilhamento e comercialização de imagens com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil pela internet. Na operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão.

No dia 21 do mesmo mês, a PF deflagrou a operação Anônimo, com o mesmo objetivo, sendo cumprido um mandado de busca e apreensão em Rio Branco. Além disso, um homem foi preso em flagrante por armazenar arquivos de abuso sexual infantojuvenil no celular.

No final de março, no dia 27, a Polícia Federal deflagrou uma operação nacional, chamada Share, com 59 mandados de busca e apreensão expedidos. No Acre, 1 mandado foi cumprido na operação.

No mês de abril, no dia 11, a PF deflagrou mais uma operação em Rio Branco. A Operação User Hacker tinha como objetivo reprimir o abuso sexual infantojuvenil pela internet, dando cumprimento a mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão. Além disso, um mandado de prisão também foi cumprido e o alvo da operação foi preso em flagrante por armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil.

Já no dia 24, também em Rio Branco, a PF deflagrou a Operação Videochamada, com o mesmo objetivo de combater a produção, compartilhamento e armazenamento de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil. Participaram da ação seis policiais federais, que deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão.

Em 16 de maio, a Operação Short Net foi deflagrada pela Polícia Federal para combater o armazenamento e divulgação de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil. Foi cumprido um mandado de busca e apreensão na cidade de Rio Branco e durante a ação o investigado foi preso em flagrante por armazenar e disponibilizar conteúdo de abuso sexual infantojuvenil.

No final de maio, no dia 30, a Polícia Federal apreendeu um grande volume de arquivos contendo imagens de abuso sexual infantojuvenil durante a Operação Aquila, em Epitaciolândia. A ação era voltada ao combate da divulgação de crimes de violência sexual contra menores por meio da internet.

No mês de junho, uma pessoa foi presa durante a Operação Asfixia, no dia 6. Além do mandado de prisão preventiva, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão na cidade de Rio Branco.

Já no dia 20, a PF deflagrou a Operação Escudo em Rio Branco, com o objetivo de coibir o compartilahmento de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil pela internet, dando cumprimento a mandado de busca e apreensão. No dia seguinte, 21 de junho, a PF deflagrou a Operação Aquila II, em Epitaciolândia. A ação resultou no cumprimento de um mandado de busca e apreensão, desencadeada com o objetivo de combater crimes de compartilhamento de material contendo abuso sexual infantojuvenil e uma pessoa foi presa em flagrante.

Comentários

Continue lendo

Acre

Apostador de Epitaciolândia está entre os que acertaram na quadra da Mega-Sena e faturam no sorteio

Publicado

em

Cada um levou R$ 1.619,97 para casa por ter acertado quatro das seis dezenas sorteadas

O sorteio da Mega-Sena 2748, que daria um prêmio de R$14.674.301, acumulou mais uma vez, com nenhuma pessoa acertando as seis dezenas sorteadas.

“A premiação acumulada agora totaliza R$ 21 milhões. No entanto, um montante menor chegou ao Acre, onde cinco sortudos acertaram a quadra e dividiram mais de R$8 mil. Os prêmios foram distribuídos entre os municípios de Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia e Rio Branco, cada um recebendo R$1.619,97.”

Outros 2.906 também acertaram a quadra ao redor do país, embolsando o mesmo valor das acreanos. Já a quina foi acertada e 41 apostas, com cada um levando mais de R$ 80 mil de premiação.

Os números sorteados foram 19 – 32 – 43 – 46 – 50 – 52

Comentários

Continue lendo