A identidade.

O Brasil é um universo de histórias, nem sempre bonitas, construídas durante século.

É o país das…

…riquezas naturais, minerais, culturais, etc., com matemática favorável apenas aos opressores. O desequilíbrio social é evidente porque muito se arrecada e pouco se faz.

E assim, o Brasil…

…tem construído sua fabulosa miséria, sobretudo no segundo período do século XXI. O ódio é o sentimento mais valorizado nos últimos tempos e as afirmativas trazem dúvidas.

Lealdade canina.

Temos carrascos blindas e lacaios oportunistas. Na rinha, a enorme cegueira é crescente paralela a desgraça humana. Vemos primitivos incultos espalhando discórdia, justificando sua miséria.

Banalizada.

A moralidade perdeu a vergonha e esqueceu o respeito. Agoniza servindo políticos e empresários corruptos. É nesse palco demoníaco que a ganância humana determina o próximo ato. Os corações frios roubam vidas e matam a dignidade.

Dinheiro circulando…

…e a omissão massacrando. No universo Brasileiro, milhares de famílias tratadas como ratos. Crianças, jovens e idosos indigentes sobrevivendo em lixões. Pessoas desamparadas nascendo, vivendo e morrendo de fome.

Na contramão…

…da ética existe a demagogia. Há salários altíssimos, privilégios e justificativas para o nepotismo, banquetes fartos, festas luxuosas, viagens, auxílio moradia, a saúde, ao paletó etc.

A educação.

Se educar é libertar a nação, nesse universo opressor é direito negado em sua plenitude. É não permitir o romper das amarras. Os carrascos perpetuam em aplausos de idiotas leigos.

Retrocesso.

O desemprego é grande e as garantias trabalhistas violadas.  As injustiças constrangem, humilham, hostilizam e adoecem. A servidão é vista e ignorada, nela figura deficientes, crianças, jovens e idosos.

Aos resistentes…

…a desqualificação. O diálogo é ofensivo, a habilidade social nula e a fluência verbal limitada. Desrespeitar cidadãos tornou-se comum e essencial. Na prática, infelizmente nada de bom tem prosperado. Esse fardo histórico mancha a biografia nacional.

A sociedade escravizada…

…se ver perturbada, violentada, agressiva, desorientada, insegura, desacreditada, leiga, suicida, terrorista, drogada, homicida, cruel, etc. Para a maioria dos brasileiros não existe paz, amor nem respeito. São obrigados a assumir débitos públicos e a manter regalias de ricos.

Comentários