“Temos dois pedidos, da Jonhson&Jonhson e AstraZeneca, o que chegar primeiro vou comprar. Quero vacinar toda população, está morrendo muita gente”, falou o prefeito.

Por Aline Nascimento

A cidade de Manoel Urbano, interior do Acre, montou um Fundo Municipal Especial para comprar 15 mil doses de imunizantes contra a Covid-19.

O fundo reserva R$ 360 mil e engloba um consórcio com 40 prefeitos do estado de Rondônia (RO) e outro montado pela Associação dos Municípios do Acre (Amac).

O prefeito Tanízio Sá explicou que o grupo de Rondônia negocia a compra de doses produzidas pela farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson. No dia 31 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o pedido de uso emergencial da vacina.

Já a Amac tenta comprar um lote de vacina da Oxofrd/AstraZeneca. “Temos dois pedidos, da Jonhson&Jonhson e AstraZeneca, o que chegar primeiro vou comprar. Quero vacinar toda população, está morrendo muita gente”, falou o prefeito.

Sá revelou que está assustado com o aumento de casos e mortes por Covid-19 na cidade. Em março, ele perdeu a mãe, Maria Deusa Taumaturgo Sá, de 73 anos, para a doença. A idosa morreu após 13 dias internada. Tanízio e o irmão e prefeito de Santa Rosa do Purus, Tamir Sá, também se infectaram com o novo coronavírus e se recuperaram bem.

“Perdi minha mãe, morreram professores nossos de excelência, pessoas novas e não tem mais UTI, se for para Rio Branco morre. Aprovei no Conselho Regional de Saúde, mandei o projeto de lei para Câmara de Vereadores, que foi aprovado também, e estou preparado. Se chegar vou comprar, tenho dinheiro para comprar, fiz a documentação direitinho, o problema é a burocracia, são muitos documentos. Só pode comprar acima de um milhão de doses, mas estou com o dinheiro pronto e quero salvar a minha população”, destacou.

Conforme o último boletim da Secretaria de Saúde do Acre, divulgado nessa terça (6), a cidade de Manoel Urbano tem 835 casos de Covid-19 confirmados e oito mortes pela doença.

Sobre a vacina, o município recebeu até o momento 1.307 doses do imunizante e aplicou 1.022 doses. Há uma reserva de 285 doses a serem aplicadas. Assim como a capital acreana, a cidade também está com a aplicação da primeira dose suspensa após o estoque acabar.

“Todas as doses que recebemos aplicamos. Recebemos agora 300 doses e mandei aplicar nos ribeirinhos, coloquei em um barco aqui com gerador e mandei. Chegou em um dia e no outro mandamos aplicar”, concluiu.

Comentários