fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Cai em 25% número de fumantes no AC

Publicado

em

A parcela da população acreana acima de 18 anos que fuma caiu 25% nos últimos seis anos, de acordo com dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde. A pes­quisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doen­ças Crônicas por Inquérito Te­lefônico (Vigitel 2012), diz que 12% da população brasileira fuma, enquanto que em 2006 o índice era de 15%. Apesar da queda, a frequência maior permanece entre os homens: o número passou de 19% (2006) para 15% (2012). Entre as mu­lheres o índice caiu de 12% (2006) para 9% (2012).

Hoje, em todo o País, é comemorado no país o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Em viagem rumo ao Vale do Juruá onde participa de reunião da Associação dos Municípios do Acre (Amac), a secretária de Saúde do Acre, Suely Melo, não pôde comen­tar a pesquisa Vigitel.

Em relação ao número de adultos fumantes por cida­de, o levantamento mostra que a capital com a maior concentração é Porto Alegre (RS) com 18%, que também detém a maior proporção de pessoas que fumam 20 cigar­ros ou mais por dia (7%). Já a capital com o menor índice é Salvador (BA), onde 6% da população adulta diz ser fumante.

Comentários

Continue lendo

Acre

Startup acreana avança para terceira fase do Prêmio Sebrae Startups

Publicado

em

Evento viabiliza participação e destaque das startups em evento nacional

A startup acreana Amazonano Forest foi uma das selecionadas no ranking Top 100 do Prêmio Sebrae Startups, avançando para a terceira etapa da competição. A iniciativa busca garantir que startups de todas as origens tenham igualdade de oportunidades para brilhar e crescer, promovendo não apenas a inovação, mas atuando como um catalisador para negócios que estão moldando o novo cenário econômico.

Entre os critérios gerais de avaliação do prêmio estiveram: Modelo de negócio, Solução, Alcance de Mercado e Capacidade Executora. A selecionada Amazonano Forest é voltada para pesquisa e produção de produtos nanotecnológicos a partir insumos amazônicos, e desenvolveu um filme ultrafino em spray, que cria uma barreira protetora sobre os alimentos, prolongando sua vida útil e protegendo contra bactérias e fungos.

O CEO da startup, Kauã Galvão, destacou sua satisfação com o avanço na competição. “Com nossa classificação no Top 100, não só ficamos ansiosos e otimistas com os possíveis contatos com investidores e parceiros que teremos, como serviu de motivação para a equipe, demostrando que estamos no caminho certo, caminho este que o Sebrae nos ajudou e guiou através de seus programas”, disse.

Mais de 3 mil empreendimentos se inscreveram no projeto desenvolvido pelo Sebrae Startups. A primeira etapa selecionou 1000 empresas, as quais 16 são acreanas, que garantiram credenciais para participar do Startup Summit 2024, podendo realizar conexões de negócios promissoras em meio a investidores e grandes empresas.

A lista das 1000 startups selecionadas pode ser acessada neste link. As melhores ranqueadas terão um estande no evento, que acontecerá de 14 a 16 de agosto, em Florianópolis (SC). Exporão durante o Startup Summit as acreanas: Almo – Honest Market, Altaneira Piscicultura, Cloud Inovações, Inovasst, Puddy, Unic App Inova Simples (I.S.), Wirespay e Lawork. Além disso, garantiram participação no evento: CicaPet, Cubits Modulares, Eipouh Solutions, Levino, Todoneo, YoTreino e Metattak.

“Ter 16 startups representando o Acre significa que nossos programas de aceleração estão funcionando muito bem, considerando que somos um estado pequeno, que não tem tanta cultura do empreendedorismo e inovação, mas isso vem mudando. Essa mudança de cultura nos mostra que o trabalho realizado no ecossistema de inovação vem surtindo efeitos positivos, isso com apoio do Governo do Estado, prefeituras, instituições de ensino superior e a comunidade de startups Aquiri Valley. Isso nos coloca no mapa das melhores startups do país, mostrando que o Acre existe e inova”, disse o gestor de Inovação do Sebrae no Acre, Jorge Freitas.

Para a próxima etapa serão anunciadas as 30 melhores startups, 3 de cada uma das 10 categorias participantes, que levarão o prêmio de R$ 10 mil, além da oportunidade de apresentarem um pitch durante o evento. Ao todo, serão distribuídos R$ 950 mil, refletindo o compromisso contínuo de impulsionar negócios que representam o futuro do mercado.

Comentários

Continue lendo

Acre

Trio que executou e decepou orelha de ex-detento é condenado a quase 120 de prisão

Publicado

em

Os três envolvidos na execução do ex-detento Dejesus Souza de Fárias foram condenados a quase 120 anos de prisão.

A decisão é do Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri, que acatou a tese apresentada pelo promotor Ildon Maximiano.

O réu Jonas Pereira Neves Filho recebeu a maior pena. Pelos rimes de homicídio, tentativa de assassinato, roubo, constrangimento ilegal e por integrar organização criminosa, foi condenado a 45 anos, 8 meses e 15 dias de prisão.

Pelo mesmos crimes, o presidiáiro Maicon Thallys Andrade dos Santos foi sentenciado a 39 anos e dois dias de prisão.

Enquanto, Patrick Lima de Oliveira terá que cumprir 33 anos e cinco meses. Ele foi condenado pelos crimes de homicídio, tentativa de assassinato, roubo e constrangimento ilegal.

Na mesma decisão o Juiz da 1ª Vara Criminal Flávio Mariano Mundim negou aos réus o direito de recorrer da condenação em liberdade.

O ex-detento Dejesus Souza Fárias foi executado a tiros e golpes de faca, em 19 de março do ano passado, após ter o apartamento invadido pelos crimes. O crime ocorreu na Rua Flor de Maio, região do Eldorado.

Consta na denúncia, que Dejusus de Fárias estaria vendendo drogas, sem autorização de uma organização criminosa, por isso teve a sentença de morte decretada.

Os executores ainda decepataram uma das orelhas da vítima. A esposa de Dejusus chega a ser baleada de raspão na cabeça.

Comentários

Continue lendo

Acre

Acre Registra 442 Casos de Febre Oropouche e Mayaro em 2023 e 2024

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) divulgou o último boletim sobre arboviroses, revelando que o estado registrou um total de 442 casos confirmados de febre oropouche e mayaro desde 2023 até 11 de junho de 2024. Dentre os 22 municípios do Acre, 21 contabilizaram ocorrências de febre oropouche, com exceção de Santa Rosa do Purus.

Em comparação com o penúltimo boletim, que apresentava dados até 28 de maio, houve um aumento de 72 novos casos de febre oropouche, elevando o número de 363 para 435. A febre mayaro, por sua vez, teve 7 casos confirmados em quatro municípios, após a análise de 1.027 amostras.

A febre oropouche é uma doença infecciosa aguda transmitida por um arbovírus homônimo. A febre mayaro, também infecciosa e febril aguda, é geralmente benigna e possui sintomas semelhantes aos da dengue e chikungunya.

Comentários

Continue lendo