Tomada pelos membros da equipe de Gerenciamento da crise social que se instaura no Estado de Rondônia, durante a cheia histórica do Rio Madeira, a decisão de transpor a balsa que fica a cerca de 200 km da capital daquele Estado, Porto Velho, foi tomada em caráter emergencial após os alardes de que as cidades acreanas poderiam ficar sem alimento e combustível veicular. A Rodovia BR-364 segue interditada para trânsito de veículos.

unnamed-125

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apenas uma das três balsas que prestam o serviço de transportar os veículos da margem do Rio Abunã, até a encosta do Rio Madeira, será levada para outra localidade. As operações da jangada passarão a ser realizadas na região de Velha Mutum. A diferença entre os pontos é de cerca de 70 km, no sentido da sede político-administrativa do Estado.

Como já informado pelo ac24horas, nessa semana, a BR-364, em alguns pontos alagados,está com correnteza forte. Internautas informaram, pelas redes sociais, que por pouco não foram levados pela força das águas.

Segundo informações, a região em que a balsa começará a operar já está com mais de meio metro de profundidade. As atividades serão iniciadas já neste domingo, 22.

Fonte: ac24horas

Comentários