Conecte-se conosco

Acre

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO pode desabastecer mercado do Acre

Publicado

em

Protestos entraram no quarto dia nesta quinta-feira (3) em RO, com bloqueio na BR-364, no Distrito de Extrema, em Porto Velho. Estrada liga o Acre ao restante do país.

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO  pode desabastecer mercado do Acre — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO pode desabastecer mercado do Acre — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

O bloqueio ilegal feito por bolsonaristas no Km 1040 da BR-364, no Distrito de Extrema, em Porto Velho, pode resultar no desabastecimento do mercado no Acre. É que essa estrada é a única que liga o Acre ao restante do país e por onde chegam mercadorias de todos os setores, via terrestre.

A interdição no trecho entrou no quarto dia nesta quinta-feira (3). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, a partir desta quinta, vai utilizar “intensiva força policial” para desobstruir as rodovias do estado.

No Acre, após três dias de manifestações nas rodovias federais que cortam o estado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que não há registros de bloqueios ou interdições nesta quinta. Mas, a situação na estrada de Rondônia preocupa o setor do comércio acreano.

Conforme o presidente da Associação Comercial do Acre (Acisa), Marcelo Moura, o comércio já começou a sentir a falta de alguns produtos, como é o caso dos alimentos perecíveis, que têm baixo estoque e são os primeiros afetados quando há algum impedimento de transporte pela rodovia. Além da gasolina, que segundo ele, está em restrição nas distribuidoras. O g1 tentou contato com a Associação de Supermercados do Acre (ASA), mas não obteve resposta até última atualização desta reportagem.

No entanto, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Gás Liquefeito de Petróleo e Lubrificantes do Acre (Sindepac), Delano Lima, disse que, por enquanto, não há registro de desabastecimento nos postos do estado. Mas, alertou que, se os bloqueios persistirem até o final dessa semana, os estoques de combustíveis podem acabar.

“A estrada está fechada desde segunda-feira [31] e nos primeiros se realmente não desbloquearem vai haver desabastecimento. No momento atual, não há nenhuma informação de posto que esteja sem produto. Mas, a situação é preocupante sim”, disse Lima.

Em nota, a Associação de Bares, Restaurantes, Conveniências, Distribuidoras e Eventos do Acre (Abrace), informou que pode haver o desabastecimento de cerveja no estado, inclusive, resultando no fechamento de bares, conveniências e distribuidoras, o que causaria um “prejuízo incalculável” ao segmento.

O presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac) informou que não há nenhum relato de falta de produtos no setor até o momento. O mesmo foi relatado pelo consultor institucional da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio-aC), Egídio Garó.

“Até o momento não temos notícias de desabastecimento no Estado. Caso os bloqueios persistam, sentiremos seus efeitos a partir do próximo final de semana, o que é improvável por conta das intervenções policiais nesses bloqueios”, disse Egídio Garó.

Após três dias com manifestações em estradas, PRF diz que não há bloqueios ou interdições no AC nesta quinta-feira — Foto: Alexandre Lima/Arquivo pessoal

Após três dias com manifestações em estradas, PRF diz que não há bloqueios ou interdições no AC nesta quinta-feira — Foto: Alexandre Lima/Arquivo pessoal

Segurança pública do Acre

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar Rocha dos Santos, informou que todos os pontos de bloqueios nas rodovias do Acre já foram dissipados, porém em Acrelândia o movimento continua, mas sem obstrução das vias. Ele disse que a preocupação agora é com relação à BR-364, no território de Rondônia.

“Especificamente, na Vila Extrema está havendo a proibição do tráfego de veículos, inclusive a retenção de cargas. Em Rondônia, há outras manifestações em pontes da BR-364, mas em nenhum deles há retenção de veículos, apenas na Vila Extrema, e isso é preocupante em razão da possibilidade de desabastecimento do nosso estado”, disse o secretário.

O coronel informou ainda que nessa quarta (2) fez contato com a Segurança do estado de Rondônia e foi informado que nesta quinta eles estariam com a Força Nacional, a PRF e o Batalhão de Choque para promover a desobstrução da Vila Extrema.

“Tive informações, por volta de 8h desta quinta [3], do próprio secretário, que as tropas já haviam saído com o efetivo das forças nacionais, e acreditamos que até o final da tarde de hoje, esse bloqueio, que é o único que impede a entrada de cargas no estado esteja dissipado. Estamos com os setores de inteligência, os comandos interioranos, principalmente, acompanhando esses protestos para garantir o direito de ir e vir e principalmente o abastecimento dos mercados dos municípios acreanos”, afirmou Santos.

Comentários

Acre

Policial morre e mulher fica ferida após colidir moto contra caminhão em Rio Branco

Publicado

em

O policial penal Éder Monteiro Carneiro, de 45 anos, morreu e Anny Caroline Soares Nascimento, 25 anos, ficou ferida, após o casal colidir com um caminhão da empresa Barriga Verde na tarde deste sábado (3), no Ramal da Judia, no bairro Belo Jardim, em Rio Branco.

Policial penal Éder Monteiro Carneiro, de 45 anos, não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações do Policiamento de Trânsito, o casal estava trafegando em uma motocicleta modelo Honda CG 150 Titan, de cor azul e placa MZX-2372, no sentido bairro-centro, quando o policial penal, que estava pilotando o veículo, tentou fazer uma curva à direita, perdeu o controle da direção e colidiu de frente com o caminhão de placa QWM-7319, da empresa Barriga Verde, que trafegava no sentido centro-bairro, fazendo a curva.

O policial penal bateu a cabeça contra o para-choque do caminhão e caiu desmaiado. Já a mulher teve uma fratura na perna direita. O motorista da empresa permaneceu no local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu Éder, mas a vítima sofreu uma parada cardíaca dentro da ambulância e morreu. Já Anny Caroline foi encaminhada por outra viatura do Samu ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde estável.

Policiais de trânsito isolaram a área para os trabalhos da perícia. O corpo de Éder foi encaminhado pela ambulância ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização dos exames cadavéricos.

O motorista do caminhão foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), onde prestou esclarecimentos ao delegado plantonista e foi liberado.

Comentários

Continue lendo

Acre

Criminoso aciona SAMU e tenta matar paramédicos a tiros

Publicado

em

Paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) viveram momentos de terror na noite desta sexta-feira, 2, após sofrerem uma emboscada e uma tentativa de homicídio durante um suposto atendimento a uma ‘vítima’ no ramal Bom Futuro, no bairro Vila Acre, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Os profissionais do SAMU foram acionados para atender uma ocorrência de uma idosa em crise hipertensiva, e ao chegarem ao local do atendimento visualizaram um homem dentro de um veículo Fiat Strada, de cor branca, placa OAL-7D81, dando sinal de luz.

Os paramédicos pararam a viatura do lado do carro e o suposto paciente apenas olhou e não se manifestou para receber o atendimento. Os profissionais desconfiaram da atitude suspeita e seguiram com a ambulância mais à frente no ramal à procura do suposto ‘paciente’, quando foram informados pela base do SAMU que a ocorrência havia sido cancelada pelo solicitante.

O condutor então fez o retorno na ambulância e seguiu com destino a base do SAMU, quando foi perseguido pelo criminoso no veículo Fiat Strada até ao posto de combustível Acauã na rodovia AC-40, na Vila Acre.

Os paramédicos resolveram parar a ambulância para saber o que estava acontecendo, quando o bandido parou o seu veículo ao lado da ambulância e puxou uma arma de fogo. Ao perceberem que seriam alvejados, os profissionais fugiram com a viatura em alta velocidade e foram perseguidos pelo criminoso até a rotatória próximo a uma concessionária na AC-40.

Na fuga, os paramédicos encontraram uma viatura da Polícia Militar e informaram o que estava acontecendo. O bandido, ao perceber os policiais, deu a volta no seu veículo na contramão e fugiu sentido estádio Arena da Floresta.

Após alguns minutos, a guarnição policial recebeu informações via CIOSP de que o suposto veículo Fiat Strada estava no ramal Bom Jesus e o condutor estava dirigindo em alta velocidade, realizando vários disparos de arma de fogo na tentativa de atingir alguma pessoa.

Os policiais fizeram patrulhamento pela região e encontraram o veículo parado na rua José Ferraz, no loteamento Luiz Ângelo, no bairro Vila Acre. O criminoso que foi identificado como Jeová Henrique Miranda, de 41 anos, que estava próximo ao veículo foi abordado pelos policiais, e durante busca pessoal foi localizado um revólver calibre .38 municiado. Durante busca no veículo foram encontrados também seis celulares, relógios e uma bolsa.

O bandido ainda se identificou como CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador), porém não portava nenhum documento do armamento que portava, apenas um certificado vencido de um rifle.

Os policiais fizeram uma consulta na placa do veículo Fiat Strada e foi constatado uma restrição por ação criminosa, do dia 30/01/2021, protocolo 2021010323395203509. O registro informa que um agente estava no carro citado, com uma arma na cintura fazendo ameaças a crianças.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e o criminoso que atentou contra a vida dos paramédicos do SAMU foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos. Na delegacia, os profissionais do SAMU reconheceram o bandido e o veículo usado na tentativa de homicídio.

Jeová responderá pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e tentativa de homicídio.

Comentários

Continue lendo

Acre

Praça da Revolução em Rio Branco está quase pronta para as festas de fim de ano

Publicado

em

A Praça da Revolução, no centro da cidade, está sendo preparada com muito zelo pela Prefeitura de Rio Branco, para ser uma atração a mais, neste final de ano.

Cid Ferreira: “Com certeza a população vai gostar muito” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), já iniciou os trabalhos de decoração, que estão bem avançados. A cortina aérea iluminada já começou a ser instalada na avenida Getúlio Vargas, que hoje ficou parcialmente interditada para a realização do serviço.

A casinha do papai Noel também já está quase pronta! Só de cordão de iluminação e mangueiras de LED são mais de 16 mil metros, que serão colocados em toda a extensão da praça. A inauguração está prevista para o dia 9 de dezembro às 18h.

“Iniciamos a cortina aérea iluminada, agora com o novo atrativo, as cortinas laterais e outras alegorias que estamos colocando aqui na praça. A população vai, com toda certeza, gostar muito”, afirmou o secretário da Seinfra, Cid Ferreira.

Comentários

Continue lendo

Em alta