fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO pode desabastecer mercado do Acre

Publicado

em

Protestos entraram no quarto dia nesta quinta-feira (3) em RO, com bloqueio na BR-364, no Distrito de Extrema, em Porto Velho. Estrada liga o Acre ao restante do país.

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO  pode desabastecer mercado do Acre — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Bloqueio de manifestantes bolsonaristas em RO pode desabastecer mercado do Acre — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

O bloqueio ilegal feito por bolsonaristas no Km 1040 da BR-364, no Distrito de Extrema, em Porto Velho, pode resultar no desabastecimento do mercado no Acre. É que essa estrada é a única que liga o Acre ao restante do país e por onde chegam mercadorias de todos os setores, via terrestre.

A interdição no trecho entrou no quarto dia nesta quinta-feira (3). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, a partir desta quinta, vai utilizar “intensiva força policial” para desobstruir as rodovias do estado.

No Acre, após três dias de manifestações nas rodovias federais que cortam o estado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que não há registros de bloqueios ou interdições nesta quinta. Mas, a situação na estrada de Rondônia preocupa o setor do comércio acreano.

Conforme o presidente da Associação Comercial do Acre (Acisa), Marcelo Moura, o comércio já começou a sentir a falta de alguns produtos, como é o caso dos alimentos perecíveis, que têm baixo estoque e são os primeiros afetados quando há algum impedimento de transporte pela rodovia. Além da gasolina, que segundo ele, está em restrição nas distribuidoras. O g1 tentou contato com a Associação de Supermercados do Acre (ASA), mas não obteve resposta até última atualização desta reportagem.

No entanto, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Gás Liquefeito de Petróleo e Lubrificantes do Acre (Sindepac), Delano Lima, disse que, por enquanto, não há registro de desabastecimento nos postos do estado. Mas, alertou que, se os bloqueios persistirem até o final dessa semana, os estoques de combustíveis podem acabar.

“A estrada está fechada desde segunda-feira [31] e nos primeiros se realmente não desbloquearem vai haver desabastecimento. No momento atual, não há nenhuma informação de posto que esteja sem produto. Mas, a situação é preocupante sim”, disse Lima.

Em nota, a Associação de Bares, Restaurantes, Conveniências, Distribuidoras e Eventos do Acre (Abrace), informou que pode haver o desabastecimento de cerveja no estado, inclusive, resultando no fechamento de bares, conveniências e distribuidoras, o que causaria um “prejuízo incalculável” ao segmento.

O presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac) informou que não há nenhum relato de falta de produtos no setor até o momento. O mesmo foi relatado pelo consultor institucional da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio-aC), Egídio Garó.

“Até o momento não temos notícias de desabastecimento no Estado. Caso os bloqueios persistam, sentiremos seus efeitos a partir do próximo final de semana, o que é improvável por conta das intervenções policiais nesses bloqueios”, disse Egídio Garó.

Após três dias com manifestações em estradas, PRF diz que não há bloqueios ou interdições no AC nesta quinta-feira — Foto: Alexandre Lima/Arquivo pessoal

Após três dias com manifestações em estradas, PRF diz que não há bloqueios ou interdições no AC nesta quinta-feira — Foto: Alexandre Lima/Arquivo pessoal

Segurança pública do Acre

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar Rocha dos Santos, informou que todos os pontos de bloqueios nas rodovias do Acre já foram dissipados, porém em Acrelândia o movimento continua, mas sem obstrução das vias. Ele disse que a preocupação agora é com relação à BR-364, no território de Rondônia.

“Especificamente, na Vila Extrema está havendo a proibição do tráfego de veículos, inclusive a retenção de cargas. Em Rondônia, há outras manifestações em pontes da BR-364, mas em nenhum deles há retenção de veículos, apenas na Vila Extrema, e isso é preocupante em razão da possibilidade de desabastecimento do nosso estado”, disse o secretário.

O coronel informou ainda que nessa quarta (2) fez contato com a Segurança do estado de Rondônia e foi informado que nesta quinta eles estariam com a Força Nacional, a PRF e o Batalhão de Choque para promover a desobstrução da Vila Extrema.

“Tive informações, por volta de 8h desta quinta [3], do próprio secretário, que as tropas já haviam saído com o efetivo das forças nacionais, e acreditamos que até o final da tarde de hoje, esse bloqueio, que é o único que impede a entrada de cargas no estado esteja dissipado. Estamos com os setores de inteligência, os comandos interioranos, principalmente, acompanhando esses protestos para garantir o direito de ir e vir e principalmente o abastecimento dos mercados dos municípios acreanos”, afirmou Santos.

Comentários

Acre

Fernanda Hassem mobiliza equipe para ações de auxílio às comunidades rurais isoladas após enxurrada

Publicado

em

A Prefeita Fernanda Hassem convocou uma reunião urgente com sua equipe do Comitê de Crise, com o objetivo foi planejar e executar ações imediatas para intervir nas comunidades isoladas pela enchente na zona rural da cidade.

A preocupação aumentou diante do cenário de chuvas diárias, que vêm causando danos em pontes e ramais, deixando 06 comunidades em estado de isolamento.

Fernanda Hassem destacou a preocupação com a necessidade de uma logística maior para atender a zona rural e a cidade. “Nunca na história de Brasiléia aconteceu dificuldades tão grandes na zona rural de Brasiléia, com seis comunidades isoladas e pontes que caíram. Precisamos mobilizar uma logística gigantesca para atender zona rural e a cidade e só com o corpo efetivo da prefeitura não conseguimos”, destacou.

Comunidades atingidas na zona Rural

Km 59, aproximadamente 300 famílias atingidas, 04 pontes caídas, comunidade totalmente isolada.

Comunidade Aurora, Km 75, cerca de 50 famílias atingidas, 07 pontes caídas, comunidade parcialmente isolada.

Ramal do km 84, Arraial dos Burros, em torno de 20 famílias atingidas, 01 ponte de principal acesso, caída, parcialmente isolada.

Ramal do Picadão, Km 69, média de 30 famílias atingidas, 01 ponte caída e 05 linhas de bueiros danificadas, parcialmente isolada.

Comentários

Continue lendo

Acre

PREVISÃO DO TEMPO: sábado (24) chuvoso no Norte

Publicado

em

A temperatura pode variar entre 15ºC e 41ºC

O sábado (24) começa com muitas nuvens em todo Norte. Pancadas de chuva acompanhadas de trovoadas isoladas são esperadas no Pará, Amapá, Rondônia, Acre, Tocantins, sul e sudeste amazonense, atingindo cidades como Bragança (PA), Tartarugalzinho (AP), Cerejeiras (RO), Epitaciolândia (AC), Gurupi (TO) e Humaitá (AM). Possibilidade de chuva no sul de Roraima e demais regiões do Amazonas.

Durante a tarde e à noite, a previsão continua a mesma em todo o Norte.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para chuvas fortes e ventos intensos em toda Rondônia, Acre, Tocantins, Nordeste, sudeste e sudoeste paraense, Marajó, Baixo Amazonas, metropolitana de Belém, norte e sul do Amapá, sul, centro e sudoeste amazonense, atingindo cidades como Vilhena (RO), Tarauacá (AC), Dianópolis (TO), Marabá (PA), Macapá (AP) e Boca do Acre (AM).

A temperatura mínima fica em torno de 15°C, no município de Uiramutã, em Roraima, e a máxima prevista é de 41ºC, na cidade de Barcelos, no Amazonas. A umidade relativa do ar varia entre 35% e 95%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Fonte: Brasil 61

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura de Epitaciolândia recebe nova Pá Carregadeira que irá beneficiar infraestrutura do município

Publicado

em

O Prefeito Sérgio Lopes recebeu nesta sexta-feira, 23, a Deputada Federal Antônia Lúcia na sede da Secretaria de Obras para a entrega de uma Pá Carregadeira.

A máquina no valor de R$ 576 mil é fruto de emenda da parlamentar que é uma grande parceira da gestão. E na ocasião garantiu mais emendas para o município como, a emenda especial para aquisição de um caminhão coletor, motocicletas para associações rurais e um ônibus para a assistência social.

Participaram da solenidade a Secretária de Obras Hiamar Pinheiro, o vereador Nego, secretários municipais e equipe da obras e autoridades eclesiásticas representadas pelo Pastor Lázaro Humberto Lemes.

Para o prefeito Sérgio Lopes, a pá carregadeira vai ajudar não somente na renovação da frota de máquinas pesadas, mas também irá auxiliar na manutenção e reparo de ramais do município.

“Com essa nova aquisição, a gestão municipal pretende reforçar as manutenções periódicas de ramais dentre outros serviços na zona urbana, favorecendo ainda mais o deslocamento da população, e em contrapartida atender as demandas de escoamento da produção dos produtores rurais do município, em nome da população quero agradecer a Deputada Federal Antônia Lúcia que é uma grande parceira de Epitaciolândia e tem nos ajudado muito com destinação de emendas. ”

Em sua fala a Deputada Federal Antônia Lúcia parabenizou o prefeito pelo serviço que vem prestando para toda população, e, reafirmou o seu compromisso de continuar destinando emendas para melhorar a infraestrutura do município.

“Estou muito feliz em poder estar aqui hoje entregando essa máquina, é sempre bom ver os frutos do nosso trabalho, essa máquina sem dúvida vai ajudar muito a toda a população, quero reafirmar o meu compromisso de continuar usando o mandado a que me foi dado pelo povo para trazer benfeitorias como essa para Epitaciolândia. ” Disse a Deputada.

A Secretária Municipal de Obras e Serviços Urbanos Hiamar de Paiva Pinheiro agradeceu a todos em especial ao prefeito Sérgio Lopes por buscar recursos junto as bancadas federais para a compra dessa máquina.

“É motivo de gratidão, nosso município tem muito trabalho a ser feito e novos equipamentos como esse vai no ajudar a melhorar a infraestrutura tanto na zona urbana quanto na zona rural. ” Destacou

Já o vereador Nego aproveito para agradecer a Deputada e pedir que a parlamentar destine mais emendas para a compra de caçambas e um caminhão coletor de lixo para resolver de vez a questão da limpeza das ruas.

 

 

 

Comentários

Continue lendo






Em alta