Faltando apenas nove dias para as eleições, o candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo (PSL), vem participando várias carreatas Pró-Bolsonaro por todo o Estado com o objetivo de unir a população. O candidato continua fazendo visitas em comércios e se reunindo com lideranças comunitárias, participando de caminhadas e adesivaços.

“É dessa maneira que seguiremos até o final. Com uma campanha limpa, com humildade, com honestidade e amor no coração. Assim, Deus nos abençoará e nos colocará no 2° turno destas eleições”, afirmou o candidato, que vem sendo acompanhado pelo candidato a vice-governador, Réssini Jarude, o candidato ao Senado, Paulo Pedrazza, e os candidatos deputado (federal e estadual).

Para se manter na disputa ao governo, o candidato de Bolsonaro no Acre recorreu ao autofinanciamento, recebendo também doações de amigos e candidatos da própria coligação.

“Estamos buscando um exemplo de gestão dentro da própria campanha, realizando muito com pouco recurso, trabalhando apenas com pessoas que buscam a mudança, empenhadas em realizar a nova revolução acreana, uma campanha feita pelas pessoas que amam o Acre e querem que o Estado seja próspero”, afirmou Coronel Ulysses.

O candidato do “Mito” afirmou ser contra a utilização da verba pública disponibilizada para os partidos realizarem campanha, porque o dinheiro deveria ser utilizado como investimento em saúde, educação e segurança pública.

“Os outros partidos utilizam a verba pública para a campanha, para garantir uma campanha de gente rica, enquanto a população sofre com a falta dos serviços públicos. Isso não é justo com a população, por isso continuamos trabalhando com doações de voluntários para fazer o bem pelo nosso Estado”, finalizou.

Comentários