Um assaltante foi morto com um tiro na testa durante um roubo na noite de quinta-feira (4), no km 72 da BR-317, próxima a uma aldeia indígena, na conhecida Estrada de Boca do Acre.

Segundo informações do tenente Bruno Almeida, do 5° Batalhão da Companhia Interativa da Polícia Militar do Amazonas, os PMs estavam de folga e trafegavam em uma caminhonete próximo a uns quebra-molas nas terras de uma aldeia indígena que fica as margens da BR, quando três criminosos fortemente armados saíram de uma área de mata no momento que o veículo reduziu a velocidade para passar no quebra-molas.

Os PMs aguardaram a aproximação dos bandidos, que abriram as portas da caminhonete para render os policiais, mas foram surpreendidos pelos PMs com as armas em punho.

Um dos criminosos levou um tiro na testa e morreu ainda no local. Outro criminoso foi baleado e conseguiu fugir do local na companhia do terceiro assaltante.

Na troca de tiros, o tenente Bruno acabou baleado na mão esquerda, e recebeu os primeiros socorros no hospital de Boca do Acre e está em estado estável.

Como o fato ocorreu em uma rodovia e estava muito escuro, os militares colocaram o corpo na carroceria da caminhonete e levaram para o hospital. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Boca do Acre, que deve investigar o caso.

Veja vídeo de um dos policiais:

Ainda segundo a PM, o trio era especializado em fazer esse tipo de roubo, que sob encomenda levavam as caminhonetes roubadas para a Bolívia. Essa seria o quinto veículo que eles queriam roubar. De acordo com a PM, no mesmo local já foram roubadas duas Hilux, sendo uma branca e outra prata, uma Triton e um Corolla, sendo que dois dos veículos já tínhamos sido recuperados em ação policial pela PM do Amazonas.

O tenente Bruno Almeida concedeu uma entrevista ao radialista Aldejane Pinto da Rádio Dimensão FM no Programa Radar 104, que passou os detalhes da ação.

Por ITHAMAR SOUZA

Comentários