Conecte-se conosco





Extra

Aposentado vítima de latrocínio na Capital é velado e enterrado em Brasiléia

Publicado

em

João Menezes, ao lado de sua irmã, ex-vereadora Blandina Menezes, foi velado e sepultado em sua terra natal, Brasiléia – Imagem cedida.

O corpo do aposentado João Menezes da Silva, que foi encontrado sem vida em sua propriedade no loteamento Praia do Amapá, localizado bairro Segundo Distrito na Capital do Acre, está sendo velado e será enterrado na cidade de Brasiléia, sua cidade natal.

As informações divulgadas pela imprensa da Capital, dão conta que o aposentado foi morto na madrugada do dia 12. O mesmo morava sozinho, era cadeirante e não teve como se defender. João foi amarrado e passou por uma sessão de espancamento e devido a gravidade, não resistiu e morreu.

A selvageria desnecessária dos assassinos, seria para roubar seu utilitário adaptado, um véiculo Fiat/Toro de cor branca. Os vizinhos acharam estranho a não movimentação na casa e foram averiguar, encontrando a vítima no chão da casa.

O corpo de João foi velado em uma igreja no centro da cidade de Brasiléia, onde os familiares e amigos não escondiam a revolta pela morte cruel e desnecessária praticada pelos bandidos, uma vez que a vítima era cadeirante e não teve como se defender.

Também foi informado que o bairro é “dominado” por um grupo criminoso e o silencia impera no local, o que dificulta por enquanto os trabalhos de identificar os assassinos.

O enterro será no cemitério João Batista em Brasiléia, por volta das 11 horas desta terça-feira.

Comentários

Em alta