Os policiais doaram os alimentos para o Lar dos Vicentinos, Educandário Santa Margarida e para os venezuelanos

Após conseguirem o endereço, os policiais levaram o alimento que seria servido aos detentos para os refugiados.

Um grupo de policiais penais realizou uma boa ação na manhã desta terça-feira (3) na cidade de Rio Branco onde centenas de venezuelanos buscam refúgio após deixarem seu páis que vive uma crise econômica.

O policiais resolveram doar café e pães que foram rejeitados pelos presos do complexo penitenciário Francisco de Oliveira Conde durante greve de fome iniciada na segunda-feira (2).

Presos anunciaram greve de fome na segunda (2), após Iapen suspender visitas. Policiais encontraram farofa em garrafas pet, pão, iogurte, bolacha, refrigerante e outros alimentos.

Segundo o agente da Polícia Civil, Francisco Progênio, os policiais entraram em contato com ele para saberem onde ficava o abrigo dos venezuelanos na capital acreana. Após conseguirem o endereço, os policiais levaram o alimento que seria servido aos detentos para os refugiados.

“Hoje de manhã os presos não quiserem tomar café porque estão em greve de fome. Para não estragar, os policiais doaram os alimentos para o Lar dos Vicentinos, Educandário Santa Margarida e para os venezuelanos”, disse o agente.

Comentários