O deputado Antônio Pedro (DEM) voltou a destacar a falta de comprometimento por parte do governador Tião Viana (PT) com os problemas existentes no Acre. Ele relatou que a omissão do chefe de Estado reflete na precariedade de serviços relacionados a Saúde, Educação e Segurança Pública.

“O descaso com vários setores do Estado já passou dos limites, este governo perdeu o total controle da situação, não tem mais como continuar. E não é por falta de cobrança não, porque todas as semanas nós estamos nesta tribuna apontando os erros, trazendo as reivindicações, cobrando dos secretários e nada se resolve”, disse.

De acordo com o oposicionista, a atual situação dos servidores do Pró-Saúde é um exemplo claro da falta de compromisso do governo do Acre. “Mais de 1.800 pais e mães de família serão demitidos, e o que é pior, todos são concursados. Espero que o governador tenha sensibilidade e não coloque esses pais e mães de família numa situação de desemprego”, complementou.

Para concluir, Antônio Pedro questionou a demora nas obras do Hospital Regional de Brasileia. “Uma obra tão importante para a população do Alto Acre, que teve seu início em 2013 e até hoje não foi concluída. Isso é muita irresponsabilidade. Agora mesmo o Sindimed denunciou o esgoto estourado do Hospital Raimundo Chaar, de Brasileia. Sem falar em outras irregularidades como a falta de condicionadores de ar, infiltrações, equipamentos enferrujados e a falta de equipamentos capazes de salvar vidas. Um descaso total, uma falta de gestão sem tamanho. Uma vergonha”, disse o deputado. (Assessoria Parlamentar)

 

 

Comentários