Conecte-se conosco

Acre

Vice-prefeito vai lutar por melhores condições oferecidas na Rodoviária e ampliação da Feira

Publicado

em

Jorge da fazenda como é mais conhecido não quer somente ser um vice e assumir a prefeitura na ausência de Everaldo Gomes. Jorge quer mostrar que pode junto com o prefeito levar a gestão para ouvir a população ainda mais.

Wiliandro Derze, assessoria de imprensa da PMB

_DSC0670Na semana que o prefeito de Brasiléia Everaldo Gomes estava em Brasília no encontro de prefeitos. O vice-prefeito Jorge da Fazenda visitou alguns pontos considerados o cartão de visita do município. O primeiro local que fez questão de comparecer foi na Feira, onde planejou uma ampliação e criação da área de alimentação. O segundo lugar que vistoriou foi a Rodoviária.

O vice-prefeito disse que sua função é trabalhar junto com o prefeito Everaldo detectando os locais que foram recebidos praticamente abandonados e sem manutenção. “No caso da Feira o prefeito já retirou pagamentos de transportes e taxas das barracas no local. Agora estamos vendo a possibilidade de criarmos um grande espaço para atender as pessoas com o café da manhã. O espaço vai levar as pessoas a fazer suas compras e prestigiar os alimentos do café da manhã na Feira”, explicou Jorge.

A ampliação na Feira vai garantir uma antiga reivindicação dos produtos e vendedores da região. O local também vai ser um ponto de referencia para as pessoas se encontrarem pela manhã e debater os assuntos da cidade e receber notícias logo pela manhã das ações e eventos que o município estará realizando.

No caso da Rodoviária do município, o vice-prefeito verificou em loco a situação problemática que se encontra o primeiro cartão postal de chegada dos visitantes e moradores da região que chegam a Brasiléia.

“Quando recebemos a Rodoviária tivemos que preencher de imediato o cargo de Administrador, já que a gestão passada não deixou qualquer referência de como estava sendo realizado os trabalhos no local. O secretário Assis Lopes de prontidão resolveu o problema e garantiu que tivéssemos uma pessoa coordenando os trabalhos no local”, relatou o vice-prefeito.

Segundo Jorge da Fazenda, existia uma série de irregularidades ainda na Rodoviária, já que os alugueis dos box, não estavam sendo pagos desde gestão passada do município. “Precisamos olhar os contratos dos box e garantirmos o pagamentos dos alugueis. Até por que é com esse recurso e os demais que circulam dentro da Rodoviária garantem a manutenção de vários dos serviços”, comenta Jorge.

Quando conversava com os motoristas dos ônibus e funcionários das agencias de viagens o vice-prefeito ouviu de todos que a Rodoviária deveria ter sido construída em outra área da cidade.

De acordo com o vice-prefeito a principal reclamação dos usuários e principalmente dos motoristas de ônibus é que o espaço para a condução dos veículos é apertada. “Precisamos de um espaço maior para fazer as manobras de entrada e saída dos ônibus”, relatou um dos motoristas de ônibus.

Depois das visitas, Jorge da Fazenda disse que vai analisar juntamente com o prefeito Everaldo Gomes, a possibilidade de conseguir por meio de projetos apresentados aos Ministérios a construção de uma nova Rodoviária, mais ampla e um pouco mais afastada do centro, evitando transtornos no transito na região do município.

Comentários

Acre

PM recuperou mais de 570 veículos no Acre em 2022, aponta balanço

Publicado

em

Durante o ano, foram recuperados mais de 570 veículos roubados ou furtados, além de 542 armas de fogo apreendidas e 1.764 apreensões de drogas.

 

Mais de 570 veículos, furtados ou roubados, foram recuperados no Acre em 2022. É o que aponta o balanço operacional divulgado pela Polícia Militar do Acre esta semana.

Ao todo foram 10.560 operações realizadas, mais de 230 mil pessoas abordadas, 542 armas de fogo apreendidas, 1.764 apreensões de drogas e 6.984 pessoas conduzidas à delegacia.

Além dos números relatados, A PM-AC também inciou a operação ‘Sentinela’.

Confira os dados comparativos entre 2021 e 2022

 

  • Mortes violentas no Acre tiveram aumento de 21%
    95 em 2021
    236 em 2022
  • Em Rio Branco houve diminuição de 10%
    107 em 2021
    96 em 2022
  • Roubos diminuíram em Rio Branco 20%
    2.348 em 2021
    1.872 em 2022
  • Roubos diminuíram no Acre 19%
    2.534 em 2021
    2.055 em 2022
  • Furto de veículo subiu em 1%
    247 em 2021
    249 em 2022
  • Roubo de veículos diminuiu em 35%
    728 em 2021
    471 em 2022

 

O comandante geral da PM-AC, coronel Luciano Dias, afirmou que no ano de 2023 o objetivo da corporação é se aproximar cada vez mais da comunidade com programas sociais e operações que visem a proteção da população.

“O policiamento comunitário na proximidade com a comunidade, avançando em postos de policiamento móveis, operações como operação ‘Sentinela, o ‘Vizinhança Solidária’, ‘Maria da Penha’, programas do PROERD, do policiamento escolar. Então é se aproximar cada vez mais da comunidade a fim de aumentar a sensação de segurança e também de poder ampliar a vigilância e atuar fortemente. Esse é o foco prioritário do nosso plano estratégico que envolve todas as unidades da Polícia” explicou.

Operação Sentinela

 

A “Operação Sentinela” foi deflagrada durante a solenidade e está prevista para ocorrer, inicialmente, em toda Rio Branco. A ação policial agregará todas as unidades operacionais de área, especializadas e comunitárias da instituição, tendo como viés uma aproximação maior com a comunidade.

Operação Sentinela foi deflagrada durante a solenidade em que foi divulgado o balanço de 2022  — Foto: Reprodução/Asscom

Operação Sentinela foi deflagrada durante a solenidade em que foi divulgado o balanço de 2022 — Foto: Reprodução/Asscom

*Estagiário sob supervisão da jornalista Tácita Muniz.

Comentários

Continue lendo

Acre

Servente geral é perseguido e baleado dentro de escola no interior do Acre

Publicado

em

Servidor buscou abrigo dentro da Escola Jader Saraiva Machado, em Porto Acre, onde trabalha. Ele levou dois tiros e foi socorrido pelo Samu. Direção do colégio informou que não havia alunos no momento do crime.

Um servente geral terceirizado da Escola Jader Saraiva Machado da cidade de Porto Acre, interior do estado, foi perseguido e baleado duas vezes dentro do colégio na manhã desta quinta-feira (26). O crime ocorreu quando os servidores chegavam para trabalhar.

Não havia alunos da escola no momento do crime.

Segundo a Polícia Militar (PM-AC), testemunhas relataram que os suspeitos aguardavam o servente em frente ao colégio. Ao perceber a presença dos criminosos, o homem teria buscado abrigo dentro da escola, mas foi alcançado e baleado pelo menos duas vezes no tórax.

Colegas de trabalho da vítima acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a PM-AC. Os criminosos fugiram antes da chegada das equipes.

O homem foi levado para o hospital da cidade consciente. A PM-AC informou que o servidor tem passagem pela polícia e já cumpriu pena por furto qualificado.

A direção do colégio informou que a escola está aplicando provas de recuperação para alguns alunos. O último dia de aula seria nesta quinta, mas o encontro foi adiado para segunda-feira (31).

Comentários

Continue lendo

Acre

Promotor discorda de decisão do júri e decide recorrer da absolvição de policial federal

Publicado

em

Por Saimo Martins

Logo após o fim do julgamento na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco, na Cidade da Justiça, o promotor de Justiça do Ministério Público, Teotônio Rodrigues Júnior, declarou que já protocolou um recurso para recorrer da decisão do júri que absolveu o Victor Campelo Manoel Fernandes, pela morte do estudante Rafael Chaves Frota, 26 anos, em julho de 2016.

Rodrigues contestou a maioria dos jurados que alegaram que houve legítima defesa nos disparos que vitimou o estudante. “Não é caso de legítima defesa. Entendemos que os tiros em local fechado cheio de pessoas não configuram a defesa”, declarou.

O representante de acusação do Ministério Público, adiantou que o recurso já foi aberto nos termos do artigo 593. A decisão de absolvição ocorreu por 4 votos a 3 e foi lida pelo juiz Alesson Braz.

A acusação foi representada pelo promotor de Justiça Teotônio Rodrigues Júnior. Já a defesa do acusado foi feita pelos advogados Wellington Frank dos Santos e Matheus da Costa Moura.

Comentários

Continue lendo

Em alta