Por Fernando Oliveira/ASCOM

Mediante o aumento considerável nas contas de energia neste mês de setembro, o Vereador Vice Presidente da Câmara Municipal, Marquinho Tibúrcio (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira, 27, o escritório da concessionária de energia elétrica- Energisa em Brasiléia.

Durante a vista o vereador conversou com consumidores, e detectou que a empresa só disponibiliza uma única funcionária no local para atender toda a população do município.

O Vice Presidente da Casa do Povo manifestou a sua indignação com os excessos na cobranças da conta de luz dos moradores.

“Venho hoje manifestar minha preocupação em relação ao aumento da tarifa de energia, realmente é muito preocupante o que está acontecendo em todo o estado, falo por Brasiléia onde o cidadão pagava 150 reais e agora está pagando 330, pessoas que só tem um ventilador”.

E disse ainda que a empresa Energisa comprou antiga Eletroacre prometendo melhorias que ainda não fez, “a Energiza comprou antiga Eletroacre dizendo que iria prestar melhor serviço para a população e hoje nos deparamos com uma tarifa de energia mais cara e sem a qualidade”.

Marquinho Tibúrcio lamentou ainda a falta de funcionário da Empresa Energisa para atender a população no município, “aqui no escritório só tem uma funcionária para atender a população, ela atende bem, mas não dar conta”.

E conclui a sua fala fazendo um pedido para os responsáveis da Energisa , melhorar a prestação der serviço de energia e revisar o preço cobrado hoje pela empresa no Estado, “como Vereador estou pedindo que a Energiza venha prestar um bom serviço e reveja o valor das tarifas e que ofereça um serviço de qualidade e um preço justo para a população do nosso município”, reivindica.

E nesta, segunda-feira, 30, na Câmara Municipal de Brasileia, partir das 10:30 h, acontece uma reunião com a presença dos Vereadores, população em geral e o diretor comercial da concessionária de energia elétrica- Energisa, Ricardo Xavier, onde estará prestando esclarecimentos à população sobre o assunto.

Comentários