Os gestores deverão apresentar defesa ou justificativa no prazo de 15 (quinze) dias

O Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) abriu nesta quinta-feira (27) uma inspeção em diversos contratos firmados entre empresas privadas e o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (DEPASA), firmados nas gestões petistas. O anuncio foi publicado no Diário Eletrônico da instituição.

Segundo o relatório, mais de cinco gestores e donas de empreiteiras responsáveis pela obra que tinha o objetivo de pavimentar todos os bairros da capital e interior, foram notificados a apresentarem suas respectivas defesas, haja vista que, mesmo após o fim do governo, muitas dessas obras encontram-se inacabadas.

Dentre os gestores notificados estão: Felismar Mesquita Moreira, Gildo Cesar Rocha Pinto, Marcos Venícios de Oliveira Holanda, Anderson de Aguiar Mariano e Denis Januario Bertoleza. Ambos deverão apresentar defesa ou justificativa no prazo de 15 (quinze) dias.

Dentre os bairros onde as obras não foram concluídas, estão: Floresta Sul, Joafra e Jardim Brasil, Altamira, São Jorge e Santa Maria, ambas em Rio Branco.

 

Comentários