Isaque foi preso de posse de uma arma que iria usar para matar o irmão.
Alexandre Lima

O assassinato de Gilvan Gomes da Silva (38), na zona rural do município de Brasiléia na manhã deste domingo, ainda está sendo desenrolado. Os investigadores da Polícia Civil conseguiram deter o primeiro envolvido Daniel da Silva Pereira (29), durante o dia na comunidade do km 26 da BR 317. O crime ocorreu no ramal do km 19, com mais 26 km de acesso.

Por volta das 00h30 desta segunda-feira, dia 3, os policiais conseguiram localizar Isaque da Silva Pereira, que ajudou o irmão Daniel, no assassinato do cunhado. Este estava no Bairro Leonardo Barbosa na posse da espingarda que já havia cortado o cano para fazer uma escopeta.

Isaque tinha como plano, matar seu irmão Isaias que conseguiu fugir no domingo. Este está sendo acusado de ficar com uma quantia de R$ 15 mil reais que seria da mãe. Segundo foi levantado na delegacia, o acusado estava em liberdade provisória a cerca de dois meses do presídio da Capital, onde foi detido por envolvimento por porte de armas e tráfico.

Também foi apurado que os investigadores estão à procura de um terceiro envolvido no crime, além de tentarem localizar o revolver que foi usado contra Gilvan que morreu no domingo na zona rural.

O caso ainda está em aberto e mais informações a qualquer momento.

Matéria relacionada:

Confusão entre irmãos termina em tortura e morte na zona rural de Brasiléia

Comentários