fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Safra da banana cresce 7,7% e valor da produção vai a R$ 161 milhões no Acre em 2023

Publicado

em

A cultura da banana no Acre vem dando sinais de recuperação após cinco anos seguidos de queda no valor de produção. De 2018 a 2022 o produto viu o mercado se definhar, mas em 2023 recobrou alguma fatia e chegou a R$ 161.907.458,00, segundo a estimativa de agosto do Ministério da Agricultura.

Esse valor é pelo menos R$ 37,6 milhões, maior que o resultado de 2022 (R$ 124.215.224,00) — ou 30,3% de incremento em apenas um ano, retomando patamares 2020, quando o mundo vivia o auge da pandemia da Covid-19.

Ao longo destes últimos 18 meses, observou-se que o VBP cresce a taxas relativamente menores. Pode-se atribuir esse decréscimo do crescimento real do VBP aos preços de milho e soja que têm apresentado tendência de redução.

No Acre, a cultura de banana é de grande importância econômica e mantém uma cadeia de sustento para milhares de famílias em todos os municípios. Conforme os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2023, o Acre deve chegar a uma produção estimada em mais de 91.619 toneladas, 7,7% a mais que no ano passado.

Comentários

Continue lendo

Acre

Acre tem uma das maiores taxas de casos de malária e registra mais de 5 mil em 2023

Publicado

em

Acre está entre os estados com as maiores taxas de malária e representou 3,9% do total de números de casos da doença registrados na região amazônica

Comentários

Continue lendo

Acre

Caminhão carregado de farinha cai em rio e bombeiros fazem resgate a 15 metros de profundidade

Publicado

em

O Corpo de Bombeiros realizou na última semana o resgate de um caminhão carregado de farinha que caiu dentro do Rio Juruá, na cidade de Porto Walter.

O veículo, avaliado em cerca de R$ 100 mil estava carregado com 180 sacas de farinha e ao tentar descer a rampa de acesso à balsa, para descarregar a carga, perdeu os freios e caiu dentro do rio.

O veículo ficou a 15 metros de profundidade da superfície/ Foto: Corpo de Bombeiros

Os mergulhadores do Corpo de Bombeiros realizaram diversos mergulhos para fazer as amarrações necessárias para retirar o caminhão, que ficou a cerca de 15 metros de profundidade da superfície.

Os trabalhos de resgate duraram 14 horas e com o apoio de máquinas pesadas e de moradores da região, a equipe conseguiu retirar o caminhão do fundo do rio.

Comentários

Continue lendo

Acre

Vereador João Marcos Luz rebate críticas a gestão municipal

Publicado

em

Por

Durante a sessão na Câmara Municipal de Rio Branco, realizada na quarta-feira, 24, o vereador João Marcos Luz, líder do prefeito Tião Bocalom, utilizou a tribuna para rebater as declarações feitas pelo vereador Fábio Araújo em relação à gestão municipal.

“No início deste ano, por ser ano eleitoral, obviamente o debate político vai ser prioridade, porque o que nós queremos é alertar o cidadão de Rio Branco das mentiras propagadas durante 20 anos, que hoje o vereador Fábio Araújo representa aqui nesta casa.”

O vereador fez críticas ao partido de Araújo e também refutou a acusação de que o prefeito prometeu asfaltar todas as ruas da cidade, declarando que o programa em questão se chama “Asfalta Rio Branco”, e não teve promessas exageradas. “O prefeito Bocalom criou com o apoio desta casa aqui o programa asfalta Rio Branco, o nome do programa é asfalta Rio Branco, em nenhum momento ele disse vou asfaltar todas as ruas de Rio Branco, o vereador Fábio veio aqui mentir.”

Luz declarou sobre a gravidade dos problemas enfrentados pela cidade, como a insegurança e o desemprego, e criticou a oposição usando como justificativa a falta de conteúdo dela, que, segundo ele, se limita a desgastar a gestão atual. “Já disse aqui que não tem conteúdo, eles querem apenas desgastar, o vereador chamou quatro vezes o prefeito aqui de mentiroso, olha só a oposição, a postura de um opositor, não tem postura, faz oposição de qualquer jeito, atacando, querendo que não aconteça.”

Em relação ao projeto “Mil e Uma Dignidades”, Luz defendeu a atuação do prefeito e destacou os desafios enfrentados, como as enchentes e a burocracia. Ele declarou que as casas serão entregues.

“Então, se não foi possível entregar agora, certamente vai ser possível entregar no momento oportuno, e eu tenho certeza que o Ministério Público jamais será contra um projeto como esse até porque é um projeto magnífico, o prefeito Bocalom é um homem de visão e é isso que tem incomodado a população.”

Por fim, o vereador criticou a tentativa de atribuir todos os problemas ao atual governo municipal, e alegou que muitos deles foram herdados de gestões anteriores

“Querer jogar tudo nas costas da prefeitura, quer dizer que então a prefeitura tem que corrigir a lambança que o governo do estado fez, e é bom que se diga, não foi no governo do governador Gladson Cameli não, foi no governo do PT, e isso é muito grave.”

Fonte: Câmara Municipal de Rio Branco – AC

Comentários

Continue lendo