Conecte-se conosco





Cotidiano

Prefeitos do Acre têm celulares clonados por criminosos

Publicado

em

Por Saimo Martins

Na tarde desta terça-feira, 3, os prefeitos do interior do Estado do Acre foram alvos de ações de criminosos que invadiram o sistema e clonaram cinco aparelhos celulares.

De acordo com secretária da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), Marilice Maffi, as vítimas foram os prefeitos de Porto Acre, Bené Damasceno (Progressistas), de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos (PT), o prefeito Padeiro (PDT) de Bujari, José Altamir Taumaturgo (MDB) e Isaac Lima (PT) do município de Mâncio Lima.

Marilice relatou a reportagem que provavelmente, os gestores deverão registrar um boletim de ocorrência sobre o caso

Recentemente, várias autoridades do Estado foram vítimas do golpe, como por exemplo, o senador Sérgio Petecão (PSD), e sete deputados estaduais, dentre eles, Jenilson Leite (PSB), Roberto Duarte (MDB), Edvaldo Magalhães (PCdoB), Vagner Felipe (PL) e até mesmo o presidente da Assembleia, Nicolau Júnior, Maria Antônia (PROS) e Luiz Gonzaga (PSDB), além do governador Gladson Cameli (Progressistas).

Os criminosos utilizam o golpe para pedir dinheiro emprestado a pessoas próximas ou até mesmo familiares das vítimas.

O celular clonado é o aparelho usado pelo criminoso para fazer ligações telefônicas como se fosse o aparelho da vítima – assim, essas chamadas são debitadas na conta do titular da linha. Esse tipo de golpe é mais sofisticado e costuma ocorrer com uso de tecnologias ilegais de monitoramento.

Comentários

Em alta