A prisão do jovem Kaio Cesar Magalhães de Oliveira, de 26 anos, na manhã de terça-feira, dia 24, por agentes da Policia Civis do município de Epitaciolândia, poderia ser mais uma ‘mula’ do tráfico, se não fosse por um detalhe.

Kaio Cesar seria médico psicólogo e foi detido com drogas na BR 317.

Segundo foi apurado, após o relatório toxicológicos realizado na droga apreendida, foi descoberto que seria a super maconha, conhecida por ‘Skunk’, de alto teor produzida em laboratório e considerada valiosa no submundo do tráfico. Cada quilo poder ser vendido poder cerca de 8.000 dólares e é considerada a ‘queridinha’ entre as celebridades.

Segundo o delegado, já vinham trabalhando para tentar descobrir essa rota. Importante destacar que, a Bolívia e o Peru, são grandes produtores de cocaína e não de Skunk, derivado da maconha.

Durante a manhã desta quarta, Kaio foi levado para a audiência de custódia onde ouviu do juiz de direito, Gustavo Sirena, a manutenção de sua prisão preventiva e será encaminhado para o presídio estadual Francisco de Oliveira Conde, na Capital nas próximas horas.

Foram apreendidos cerca de 1300 gramas da droga que está a disposição da Justiça.

 

MATÉRIA RELACIONADA:

Polícia Civil de Epitaciolândia prende psicólogo com maconha na BR 317

Comentários