A Polícia Federal prendeu 2 pessoas – um boliviano, 40 anos de idade, e uma brasileira, 43 anos – que estavam levando uma menor de idade para Bolívia, neste meio de semana. A mulher estava sendo investigada por tráfico de pessoas com fins de exploração sexual e trabalho análogo a de escravo.

A dupla foi detida quando se apresentaram na Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia para controle migratório. Os agentes realizaram uma busca no carro e encontraram a vítima que seria levada a Cobija/BO.

A envolvida selecionava adolescentes de família pobre e vulnerável para convencê-las de que teriam uma vida melhor trabalhando para ela na Bolívia. A investigada, além de não pagar pelos serviços prestados, confiscava os documentos e celulares das vítimas para que não entrassem em contato com a família.

A Justiça Federal arbitrou fiança de R$ 1 mil reais e os dois responderão em liberdade.

Comentários