Conecte-se conosco

Cotidiano

Não virarei um fantasma do tênis, diz Federer antes da aposentadoria

Publicado

em

Federer em Wimbledon

Roger Federer encerra sua ilustre carreira no final desta semana, mas o tenista suíço garantiu a seus milhões de fãs que ele não se tornará um fantasma do tênis.

De volta a Londres, onde conquistou um recorde de oito títulos de Wimbledon, o jogador de 41 anos disse que não tem intenção de se afastar do esporte que o agraciou por tanto tempo.

Falando a repórteres na O2 Arena de Londres, onde Federer conquistou duas vezes o título do ATP Finals, o suíço se emocionou ao explicar a decisão de se aposentar.

Questionado sobre quais são seus planos para o futuro, Federer disse que não desaparecerá como o sueco Bjorn Borg, que está organizando o torneio entre a Europa e o resto do mundo nesta semana.

“Eu só queria que os fãs soubessem que não serei um fantasma. É engraçado, eu falei sobre Bjorn Borg, ele não voltou a Wimbledon por 25 anos e isso machuca todos os fãs”, disse Federer sobre o 11 vezes vencedor de Grand Slams que abandonou o tênis aos 26 anos.

“Você vai me ver de novo. Em que volume, eu não sei. Ainda tenho que pensar um pouco sobre isso, me dar algum tempo”, declarou.

Federer anunciou na última quinta-feira (15) passada que a Laver Cup, o evento por equipes que ele ajudou a criar, será o último ato de sua carreira profissional de quase um quarto de século.

Sem jogar competitivamente desde a derrota nas quartas de final de Wimbledon no ano passado, Federer fará sua última partida em um jogo de duplas, possivelmente ao lado do grande rival Rafael Nadal.

Federer ainda tinha esperança de voltar, mas disse que seus problemas no joelho finalmente o forçaram a se aposentar.

Ele conquistou 103 títulos na carreira, atrás apenas de Jimmy Connors, e detém o recorde de 237 semanas consecutivas como número um do mundo entre 2004 e 2008.

Comentários

Cotidiano

MEIs de todo o Brasil já podem emitir Nota Fiscal de Serviço Eletrônica no padrão nacional

Publicado

em

Aplicativo Simples Nacional

As NFS-e podem ser emitidas mesmo que o município não esteja conveniado à plataforma; veja como

Microempreendedores individuais (MEIs) de todo o Brasil já podem emitir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) de padrão nacional, mesmo que o município não esteja conveniado à plataforma. Hoje, a emissão é facultativa, e o MEI pode optar pela emissão segundo as regras municipais. Mas, a partir do dia 3 de abril, será obrigatória a emissão da NFS-e nacional para MEIs prestadores de serviço e nas operações entre empresas.

Depois de anos em desenvolvimento conduzido pela Receita Federal do Brasil (RFB), a emissão da primeira NFS-e de padrão nacional por um MEI, de um município não conveniado à plataforma, foi realizada no dia 18 de janeiro deste ano, em um evento simbólico. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), prestador de serviços do MEI de Brasília (DF), foi responsável pela emissão.

Como emitir

É possível emitir a Nota Fiscal Eletrônica por meio do aplicativo NFSe mobile, disponível para dispositivos Android e iOS.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Simplificação da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Helena Rego, essa é uma medida revolucionária, já que padroniza e facilita a vida do microempreendedor. “Ainda há a emissão em papel em muitos municípios. E com o aplicativo da Receita, depois que fizerem o cadastro, também on-line, em apenas três cliques, os microempreendedores individuais terão emitido a sua nota fiscal”, pontua.

Além disso, é possível emitir a Nota Fiscal mesmo sem internet, com a opção off-line. Quando o microempreendedor estiver conectado à internet, ela será repassada para a Receita. Para Helena Rego, o aplicativo digital melhora a experiência do MEI e, consequentemente, o ambiente de negócios brasileiro. “Menos tempo que o empreendedor tem que gastar com as obrigações acessórias, podendo se dedicar mais para a gestão”, afirma.

Atualmente, são 14,7 milhões de profissionais MEI registrados no país, a maioria no ramo de pequenos serviços. Joana dos Santos faz parte desse grupo. Ela é dona de um comércio localizado em Ceilândia, no Distrito Federal. Além da loja física, a empreendedora também vende pelo Instagram e pretende criar um site. “Eu quero ampliar minha loja, vender também on-line. Agora, isso vai facilitar muito, já que está fácil emitir a nota fiscal eletrônica, pelo aplicativo mesmo”, explica.

Hoje, a NFS-e conta com a adesão de 180 municípios, sendo 18 capitais, que correspondem a cerca de 50% do volume total de Notas Fiscais de Serviço emitidas no Brasil.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Copinha Arasuper de Futsal com 6 partidas na Assincra

Publicado

em

A fase de classificação da 8ª Copinha Arasuper de Futsal terá mais seis partidas neste sábado, 28, a partir das 8 horas na Assincra/CT Edson, no bairro do Aviário.

“Não temos ginásios em Rio Branco e a solução foi promover as partidas no CT Edson. A estrutura é excelente e certamente teremos mais uma grande rodada”, disse o coordenador da Copinha, Auzemir Martins.

2ª rodada da Copinha

Sub 14

Escola do Flamengo x Amigos Solidários

Santa Cruz x B2 Esportes

Sub 12

Amigos Solidários x Escola do Flamengo

Flamenguinho x Rei Artur

Sub 10

Escola do Flamengo x Águias do Norte

Xavier Maia x Flamenguinho

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Rio Branco e São Francisco disputam amistoso no José de Melo

Publicado

em

Giovanni é um dos titulares do São Francisco para o amistoso

Rio Branco e São Francisco fazem neste sábado, 28, a partir das 8 horas, no José de Melo, um amistoso como parte das preparações para as disputas da Copa Verde e do Campeonato Estadual.

O São Francisco enfrenta o Atlético no torneio regional e o Rio Branco fará o primeiro confronto contra o Princesa do Solimões, do Amazonas.

No Estadual, o São Francisco terá o Vasco no primeiro duelo e o Rio Branco jogará contra Plácido de Castro.

Primeiro teste

O Rio Branco fará o primeiro teste e o técnico Ulisses Torres vai avaliar os atletas. O desempenho no treinamento vai definir a postura da diretoria no mercado de contratações.

“Começamos a trabalhar a parte tática no início da semana e cobrar um bom futebol neste momento seria um exagero”, disse Ulisses Torres.

São Francisco

Com mais tempo de preparação, o São Francisco vai para o amistoso com uma responsabilidade maior. O treinador Erismeu Silva vai começar a realizar os ajustes e definir os titulares.

Comentários

Continue lendo

Em alta