Conecte-se conosco

Geral

Mutirão da Justiça do Trabalho beneficia indígenas em região remota do Acre

Publicado

em

Ações trabalhistas foram solucionadas pela conciliação durante a Semana Nacional da Execução Trabalhista

A 12ª edição da Semana Nacional da Execução Trabalhista, realizada de 19 a 23 de setembro, beneficiou diretamente populações indígenas no município acreano de Jordão, um dos mais isolados do Acre. Na localidade, situada na fronteira com o Peru, a Justiça do Trabalho homologou 29 acordos, num total de R$ 136.091,01, por meio da atuação da Vara do Trabalho de Feijó (AC).

Um desses processos de execução envolveu o indígena Altevir Damião Kaxinawá, da etnia Kaxinawá, residente na Aldeia Morada Nova, comunidade localizada no Alto Rio Jordão. Da Aldeia, pelo telefone celular, o reclamante participou da audiência telepresencial presidida pelo juiz do Trabalho Titular da VT de Feijó (AC), Vicente Ângelo Silveira Rego, acompanhado do indígena Txana Tuin Kayabitu, que atuou como intérprete do idioma hãtxa kuin, fazendo a tradução e leitura simultânea do acordo em audiência.

Na composição da conciliação, quando perguntado pelo magistrado se havia entendido e concordava com o acordo, Altevir respondeu no idioma hãtxa kuin: “Que sim, que estava tudo claro como o sol do meio-dia”. A demanda foi ajuizada contra o Município de Jordão, que contou com a presença dos procuradores Antônio Francisco Oliveira e Daniel Freire, bem como do advogado do reclamante, Elcias Cunha. O ato judicial teve o apoio da secretária de Audiência da Vara, Ediciana Pinheiro.

“Com o uso da tecnologia e observando as disposições do Juízo 100% Digital, a Justiça do Trabalho cumpre uma relevante função social em transpor barreiras naturais e as desigualdades típicas da região amazônica. O que antes era dispêndio para o erário para promover o deslocamento e estadia de magistrados e servidores até as regiões mais remotas da Amazônia, agora os resultados são alcançados com as ferramentas virtuais, onde a Justiça se faz presente, na promoção da cidadania e sem perder a sua humanidade”, destacou o juiz Vicente Ângelo que também é diretor do Fórum Trabalhista de Rio Branco (AC) e juiz Auxiliar de Precatórios e da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO/AC).

Para chegar até Jordão, antes as equipes da Justiça do Trabalho utilizavam aviões bimotores e pequenas embarcações para realizar os atendimentos itinerantes, únicos meios de transporte para acesso à região, que não possui estradas. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, o município possui uma população estimada de 8.628 (2021), sendo 80% de origem indígena. A localidade possui o sétimo pior Índice de Desenvolvimento Humano – IDH do país (0,469).

Comentários

Geral

PM e Polícia Civil em operação em Sena Madureira apreende arma de fogo

Publicado

em

PM e Polícia Civil em operação integrada cumpre mandado de prisão e apreende arma de fogo em Sena Madureira

A Polícia Militar, por meio do 8° BPM, em operação integrada com a Polícia Civil de Sena Madureira logrou êxito no cumprimento do mandado de prisão em desfavor de um nacional.
Na ocasião, o local de cumprimento do mandado de prisão foi ao longo do Bairro Pista, Beco do Adriano em Sena Madureira.

É importante destacar que o autor estava em posse de uma arma de fogo e 05 (cinco) munições, sendo este também suspeito dos delitos de tentativa de homicídio e homicídio ocorridos recentemente em Sena Madureira.
Ante ao exposto, o autor e o objeto foram entregues na delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Assessoria do 8° BPM.

Comentários

Continue lendo

Geral

Homem acusado de ter organizado morte de “Tanaca”, tem casa invadida e é morto a tiros em Ramal de Rio Branco

Publicado

em

Elismar de Souza Cunha, de 33 anos, vulgo “Mazinho”, foi morto com seis tiros, no final da tarde deste sábado (26), na Travessa da Amizade, no Ramal do Pica-pau, na região do Amapá, na zona rural de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, “Mazinho” era um velho conhecido das forças de segurança e era acusado de ter planejado a morte de William Borges Soares, de 29 anos, vulgo “Tanaca”, na tarde desta quarta-feira (23). A casa onde “Tanaca” foi morto pertencia a “Mazinho”, e é localizada na Rua 27 de Julho, no bairro Plácido de Castro, na região da Baixada da Sobral. Na mesma noite a casa foi incendiada por comparsas de “Tanaca”, que não aceitaram a trairagem de Elismar que possivelmente teria planejado a morte da vítima.

“Mazinho” estava em uma casa cedida na Travessa da Amizade há cerca de dois dias e estava realizando a limpeza do local. Enquanto arrumava o local, Elismar resolveu ir na casa do seu vizinho para descansar e assistir o jogo de futebol da Copa.

Ainda segundo a polícia, dois homens ainda não identificado chegaram no local em um carro modelo HB20 de cor prata e deixaram o veículo no meio da travessa. Se passando por policiais, os bandidos renderam todos os moradores, momento em que “Mazinho” percebeu que se tratava de seus antigos aliados e correu para dentro da residência, mas ao tentar se abrigar em um dos quartos, acabou morto por seis tiros que pegaram na cabeça, costas e abdômen. Após a ação, os assassinos saíram correndo, entraram no carro e fugiram do local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e enviou duas ambulâncias sendo uma delas a de suporte avançada (02), que esteve no local e atestou a morte de “Mazinho”.

A PM também isolou a casa onde “Mazinho” foi morto para os trabalhos da perícia. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização dos exames cadavéricos.

Ainda segundo a polícia, a motivação do crime seria a guerra entre facções criminosas. O caso vai ser investigado por agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE), da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Comentários

Continue lendo

Geral

Polícia Civil prende homem, em flagrante, pelos crimes de integrar organização criminosa e associação para o tráfico em Marechal Thaumaturgo

Publicado

em

Ascom/Polícia Civil do Acre

Ao final da tarde deste domingo, 27, a Polícia Civil em Marechal Thaumaturgo, com apoio do Departamento de Polícia Civil da Capital e do Interior(DPCI), prendeu, em flagrante, F.S.V. de 42 anos, por integrar organização criminosa e associação para o tráfico, em uma residência localizada no Ramal Olaria.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, os policiais apreenderam, em posse do flagranteado, 01 Motocicleta modelo FAZER 250, 01 Televisão Samsung Smart TV 55 Polegadas,
01 Celular MOTO G22 e a quantia de
R$ 6.120,00 (seis mil, cento e vinte reais) em espécie.

O preso já tem passagem pelo sistema de segurança pública e é reincidente no cometimento dos mesmos crimes pelos quais foi flagranteado.

Comentários

Continue lendo

Em alta