Conecte-se conosco





Geral

Mulher é presa ao tentar entrar com celular nas partes íntimas em presídio de Sena

Publicado

em

Dentro do embrulho, feito com folhas de papel carbono e câmara de ar, estava um microcelular

Agentes Penitenciários da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, deram voz de prisão à visitante Maria Raiane Silva de Araújo, na manhã deste domingo (3). A mulher tentava entrar no presídio com um celular nas partes íntimas.

O celular foi apreendido/Foto: Reprodução

A equipe de plantão informou que durante os procedimentos para entrada no presídio, o portal detector identificou a presença de metal no corpo da visitante. Mesmo após a mulher retirar todos os metais visíveis, as luzes do detector permaneceram acesas e o sistema de alarme continuou a emitir som.

As Agentes Penitenciárias informaram à visitante que seria necessário encaminhá-la ao Pronto Socorro para realização de exame de raio X, uma vez que o metal identificado estava na região pélvica. Foi então que a visitante resolveu tirar um embrulho de suas partes íntimas e entregar para as agentes. Dentro do embrulho, feito com folhas de papel carbono e câmara de ar, estava um microcelular.

Objetos apreendidos/Foto: Ascom

“Mais uma vez conseguimos impedir a entrada desse tipo de equipamento em nosso Presídio. Como nas outras vezes, nossa equipe encontrava-se atenta e preparada tendo em vista que o aparelho apresenta uma carga metálica muito baixa”, ressaltou o Diretor da Unidade, Valquer Oliveira.

Maria Raiane Silva de Araújo recebeu voz de prisão e foi encaminhada à delegacia de polícia do município para os procedimentos de costume, juntamente com o celular que ela tentava levar para o interior do Presídio.
O Diretor da Unidade informou que um Procedimento Administrativo será aberto para investigar se o celular seria entregue ao esposo da visitante.

Comentários

Em alta